• Superliga masculina: Sesi-SP supera Sesc RJ

    Créditos: Helcio Nagamine/Fiesp

    Redação

    O jogo marcava o encontro de seis campeões olímpicos. No final, melhor para o time que conta com quatro deles. Neste sábado (16.12), o Sesi-SP, de William, Lucão, Lipe e Douglas, derrotou o Sesc RJ de Maurício Souza e Maurício Borges por 3 sets a 1 (25/17, 25/20, 16/25 e 25/18), no ginásio do Sesi Vila Leopoldina, em São Paulo. O confronto foi válido pela décima primeira e última rodada da Superliga masculina de vôlei 2017/2018.

    Com o resultado, o Sesc RJ se manteve na segunda posição da tabela de classificação da Superliga, com 28 pontos. O Sesi-SP também seguiu na quarta colocação, porém subiu de 21 para 24 pontos.

    O ponteiro Lipe teve atuação destacada e agradou a torcida. Mais votado no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), com 19.5%% dos votos, o jogador recebeu o Troféu VivaVôlei de melhor jogador da partida.

    “Estou muito feliz pelo crescimento do time. Começamos o campeonato, fomos evoluindo e acreditamos muito nisso que juntos vamos evoluindo. Os últimos três jogos foram em uma crescente muito bacana e estou feliz por terminar o turno com uma vitória sobre um time tão forte como o Sesc RJ. Todos estão de parabéns”, disse Lipe.

    Estreante na temporada em uma nova função, o líbero Murilo falou sobre a emoção da sua primeira partida após o período de oito meses fora das quadras devido a um exame de doping com resultado positivo.

    “Ainda não é o ideal, é o primeiro jogo, não fiz nenhuma amistoso, e entrei em uma fogueira contra o Sesc RJ, que vem muito bem na Superliga, contra um amigo, que é o Giovane. Foi um período muito difícil, a mudança de posição é complicada, mas este é um momento muito especial. Agradeço a todos e tudo torna o meu dia muito especial”, afirmou Murilo.

    O Sesi-SP volta a jogar na próxima quinta-feira (21.12) novamente em casa onde receberá o Copel Telecom Maringá Vôlei em partida valendo já pela primeira rodada do returno. O Sesc RJ irá ao Vale do Paraíba encarar o EMS Taubaté Funvic neste mesmo dia, com transmissão do SporTV.

  • Taça Potengi de Lucena (sub-15 feminino): Seleção mineira leva o título da edição 2018

    Créditos: Divulgação

    Redação

    A edição 2018 da Taça Potengi de Lucena (sub-15 feminino) de voleibol chegou ao fim com a seleção de Minas Gerais no topo do pódio. A competição, realizada em Araxá (MG) terminou com a vitória mineira sobre a equipe do Paraná por 3 sets a 0 (25/20, 25/19 e 25/13), em 1h16 de duelo. As donas da casa chegaram ao título de forma invicta, com nove triunfos em nove partidas.

    A disputa do bronze foi entre Santa Catarina e Rio de Janeiro. As catarinenses terminaram com o resultado positivo, 3 sets a 0 (25/20, 25/15 e 25/15), em 1h22. Nas partidas pelas classificações intermediárias a seleção paulista venceu a gaúcha por 2 sets a 1 (25/13, 17/25 e 25/14) para ficar com o quinto lugar. E o time do Rio Grande do Norte passou pelo de Goiás por 2 sets a 1 (14/25, 25/21 e 25/19), terminando em sétimo.

    A Taça Potengi de Lucena foi o décimo quarto evento do calendário dos Campeonatos Brasileiros de Seleções. Ao longo dos cinco dias de torneio foram realizadas 36 partidas, dando mais experiência e incentivando os jovens talentos que são o futuro da modalidade.

    CLASSIFICAÇÃO FINAL

    1º Minas Gerais

    2º Paraná

    3º Santa Catarina

    4º Rio de Janeiro

    5º São Paulo

    6º Rio Grande do Sul

    7º Rio Grande do Norte

    8º Goiás

  • Mundial de clubes masculino: Sada Cruzeiro é superado pelo Zenit Kazan

    Créditos: GettyImage/FIVB

    Redação

    O sonho do tetra campeonato mundial do Sada Cruzeiro foi adiado após o time celeste ser superado pelo Zenit Kazan da Rússia na semifinal do Mundial de Clubes masculino de voleibol. No duelo realizado na tarde deste sábado (16.12), a equipe russa, atual campeã europeia, levou a melhor sobre o time celeste por 3 sets a 0 (25/23, 25/19 e 25/18), na Tauron Arena, na Cracóvia, Polônia.

    O clube russo usou bem a potência do saque e da eficiência do bloqueio, foram oito pontos em cada um destes fundamentos, para minar a virada de bola cruzeirense. O oposto Evandro e o ponteiro Leal começaram com bom aproveitamento no ataque em favor do time brasileiro, mas a dificuldade no passe cruzeirense dificultou as ações. O cubano naturalizado polonês León, ponteiro do Zenit Kazan, marcou 20 vezes e foi o maior pontuador em quadra.

    “O Zenit Kazan jogou muito bem, especialmente com o saque. O jogo deles foi muito bem encaixado e todos os fundamentos funcionaram. Desejamos boa sorte a eles na decisão. Agora nos cabe analisar o nosso jogo de hoje e nos preparar para a disputa de bronze”, contou Marcelo Mendez, técnico do Sada Cruzeiro.

    Agora, o time brasileiro irá enfrentar o SKRA Belchatow na decisão da terceira colocação, jogo que acontece neste domingo (17.12), às 14h30, no horário de Brasília

  • Superliga masculina: Minas Tênis Clube vence o Lebes Canoas por 3 sets a 0

    Créditos: Orlando Bento/MTC

    Redação

    Jogando em casa, na Arena Minas, em Belo Horizonte, o Minas Tênis Clube conseguiu sua sétima vitória na Superliga masculina de vôlei 2017/2018. Neste sábado (16.12), a equipe minastenista enfrentou o Lebes Canoas e conseguiu o resultado positivo por 3 sets a 0 (25/20, 25/21 e 25/15) nesta décima primeira e última rodada do turno.

    O central Pétrus foi bastante votado no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e, com 18.6% dos votos da torcida, foi premiado com o Troféu VivaVôlei. Outro destaque do Minas Tênis Clube ficou por conta do levantador Marlon, que fez questão de elogiar seu time após a conclusão deste primeiro turno.

    “O Minas, de um modo geral, trabalha muito forte. É um trabalho muito bem elaborado para que tenhamos a melhor performance dentro de quadra. Há uma dedicação total dos atletas, a entrega é no nível que tem que ser e os resultados vêm desse trabalho bem executado”, disse Marlon.

    Minas e Canoas voltam a jogar na próxima quinta-feira (21.12), já pela primeira rodada do returno da Superliga – que vai ser a última do ano de 2017. O Minas Tênis Clube seguirá em casa e terá um duelo mineiro contra o JF Vôlei. Já o Lebes Canoas irá a Montes Claros encarar o time da casa.

    A décima primeira rodada do turno teve início com a vitória do EMS Taubaté Funvic sobre o Sada Cruzeiro em jogo antecipado devido a participação do time mineiro no Mundial de Clubes. O Vôlei Renata venceu o Copel Telecom Maringá Vôlei, e o Corinthians-Guarulhos levou a melhor sobre o JF Vôlei.

  • Copa Brasil feminina: Dentil/Praia Clube, Sesc-RJ e Vôlei Nestlé estão nas semifinais

    Créditos: João Pires / Fotojump

    Redação

    As semifinais da Copa Brasil feminina 2017/18 estão definidas. Nesta sexta-feira (15.12), Dentil/Praia Clube, Sesc RJ, Vôlei Nestlé venceram seus jogos e se garantiram na próxima fase. O Camponesa/Minas já tinha conseguido um lugar na fase decisiva na última quinta-feira (14.12). As semifinais da competição acontecerão no dia 18 de janeiro de 2018. A grande decisão será logo no dia seguinte, 19, e as três partidas serão realizadas no ginásio Jones Mimoso, em Lages. Os primeiros confrontos serão entre Dentil/Praia e Camponesa/Minas e também Sesc RJ e Vôlei Nestlé. 

    O Dentil/Praia Clube, que já vem bem na Superliga 17/18 sendo o único invicto na competição, conseguiu um lugar na semifinal da Copa Brasil ao superar o São Cristóvão Saúde/São Caetano por 3 sets a 0 (25/16, 25/16 e 25/14), no ginásio do Praia, em Uberlândia.

    Em outro confronto decisivo, o Vôlei Nestlé jogou nos seus domínios e levou a melhor sobre o Hinode Barueri por 3 sets a 0 (25/15, 25/20 e 25/15), no José Liberatti, em Osasco. A levantadora Fabíola elogiou a atuação do time do treinador Luizomar de Moura.

    “Jogamos bem, erramos pouco e fomos consistentes do começo ao fim. Conseguimos imprimir tudo o que a gente tem preparado durante essas semanas de bastante trabalho. Sacamos bem, sistema defensivo e ofensivo funcionaram e isso dificultou para elas. Nosso time está crescendo e ainda tem muita coisa pra melhorar. Estamos no caminho”, disse Fabíola.

    No quinto set

    O Sesc RJ conseguiu uma grande virada e carimbou o passaporte para a semifinal da Copa Brasil. A equipe carioca superou o Pinheiros por 3 sets a 2 (23/25, 24/26, 25/19, 25/22 e 15/12), no ginásio do Tijuca, no Rio de Janeiro.

    A ponteira Kasiely teve atuação decisiva no tie-break e, com três pontos seguidos de saque, foi determinante na vitória do Sesc-RJ. A atacante parabenizou o grupo pela superação no confronto.

    “Começamos o jogo cometendo muitos erros e elas vieram com tudo. O Pinheiros fez uma excelente partida. Nosso time teve altos e baixos. Acredito que dei um pouco de sorte no saque no final, mas o time está de parabéns pela superação durante o jogo. Estamos com problemas de contusão e o time todo tem sido importante”, explicou Kasiely.

    O Camponesa/Minas foi a primeira equipe a garantir um lugar na semifinal ao superar, na última quinta-feira (14.12), o Fluminense por 3 sets a 1 (25/15, 23/25, 27/25 e 25/20), na Arena Minas, em Belo Horizonte.

  • Mundial de clubes masculino: Sada Cruzeiro joga mal e perde na estreia

    Créditos: Divulgação FIVB

    Redação

    O Sada Cruzeiro não estreou bem nesse mundial de clubes. Nesta terça-feira (12.12), a equipe mineira, única representante brasileira na competição, acabou superada pelo campeão italiano Lube Civitanova por 3 sets a 0 (21/25, 16/25 e 18/25), em Opole, na Polônia. 

    O time italiano forçou bastante o saque durante o jogo inteiro, complicando o passe do Sada Cruzeiro e deixando o levantador da equipe mineira, sem soluções para atacar. Com o cubano Juantorena e o búlgaro Sokolov virando tudo e fechando a parede no bloqueio, a equipe brasileira foi presa fácil na estreia do Mundial.

    Tsvetan Sokolov, com 20 pontos, foi o maior pontuador da partida. Pelo lado da equipe mineira, Simón foi quem mais pontou, com 11 pontos. No fim, Serginho e Leal ainda discutiram durante um tempo técnico, já com o Civitanova vencendo por 23 a 18 no terceiro set.

    A equipe do Sada Cruzeiro, no entanto, não tem tempo para lamentar o resultado negativo. A equipe mineira busca a reabilitação nesta quarta-feira (13.12), contra o Sarmayeh Bank, do Irã. Este é o Grupo A do Mundial de Clubes, que ainda conta com o Zakza, da Polônia, que será o adversário do Sada Cruzeiro na terceira partida da fase classificatória, na quinta-feira (14.12). 

    TABELA

    12.12 (terça-feira) – Sada Cruzeiro 0 x 3 Lube Civitanova (ITA) (21/25, 16/25 e 18/25)
    13.12 (quarta-feira) – Sada Cruzeiro x Sarmayeh Bank (IRI), às 17h30
    14.12 (quinta-feira) – Sada Cruzeiro x Zaksa Kedzierzyn-Kozle (POL), às 14h30
    16.12 (sábado) – Semifinais
    17.12 (domingo) – Final

  • Peneira do masculino em São Caetano do Sul

    Divulgação

    Fonte: FPV

    No dia 16 de dezembro acontecerá a peneira de voleibol masculino de São Caetano. A seletiva será no Ginásio Leandro Klein, à Rua Prestes Maia, 100, esquina com Avenida Tietê. Os interessados deverão comparecer com RG original e roupa para treinamento.

    A programação é a seguinte:

    9h – Sub 14 (2005+) – Iniciante e Pré-Mirim
    10h – Sub 15 (2004) – Mirim
    11h – Sub 17 (2002/2003) – Infantil
    14h – Sub 19 (2000/2001) – Infanto

  • Superliga feminina: Vôlei Nestlé encerra primeiro turno como líder das estatísticas

    Tandara é a maior pontuadora da Superliga
    (João Pires/Fotojump)

    Fonte: ZDL – Rafael De Marco

    O Vôlei Nestlé domina a estatística da Superliga 2017/18. Encerrado o primeiro turno da competição, a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) fechou os números e a equipe de Osasco apresenta desempenho positivo. Tem três atletas no Time do Sonho, a seleção do campeonato, e lidera em quatro dos oito fundamentos individuais avaliados. Fora de quadra, a torcida também é destaque, sendo do ginásio José Liberatti o maior público registrado até agora.

    Segundo a estatística, Tandara é a atleta com melhor desempenho individual da Superliga. Segue como a maior pontuadora no geral e também na porcentagem das parciais (231 pontos no total e 5,02 por set). Também é a sacadora mais ‘mortal’, com 17 aces (nesse fundamento Nadja Ninkovic está em quarto, com 13 pontos no total, e em terceiro no aproveitamento por set, com 0,38).

    A central Bia encabeça a lista das mais eficientes no bloqueio. Seu ‘paredão’ é responsável por 51 pontos para o Vôlei Nestlé no primeiro turno da Superliga. Outra atleta de Osasco líder em estatísticas é a líbero Tássia, com a recepção mais eficiente, com 71% de aproveitamento no passe.

    No Time do Sonho do campeonato, o Vôlei Nestlé continua com maioria nas selecionadas entre as melhores da Superliga, com Tandara, Bia e Nadja Ninkovic se mantendo na lista. “Sigo em busca da excelência em quadra. Treino muito para diminuir o número de erros e ser cada  vez mais eficiente para que o desempenho individual ajude no nosso desempenho coletivo e se reverta em vitórias para o Vôlei Nestlé”, completa Tandara, que embora figure da seleção do primeiro turno como ponteira, tem atuado como oposta nas duas últimas rodadas.

    Show na arquibancada Se em quadra as atletas fazem bonito, na arquibancada não tem sido diferente. Conhecida por seu apoio incondicional ao time, a torcida do Vôlei Nestlé é responsável pelo maior público em uma partida do primeiro turno da Superliga 2017/18. O José Liberatti recebeu 3.800 pessoas no confronto com o Camponesa/Minas (MG), dia 18 de novembro. Não é pouca coisa, se levar em conta que a presença média nos ginásio foi de 1.076 pessoas (os 66 jogos disputados até agora têm público acumulado de 71.041 espectadores).

    “A torcida de Osasco é muito importante para o nosso projeto. Sou muito grato por poder contar com essa energia nos nossos jogos. São eles que demostram o tamanho do Vôlei Nestlé. Só tenho agradecimento aos nossos torcedores”, afirma o técnico Luizomar de Moura.

  • Superliga masculina: Minas recebe Ponta Grossa Caramuru no encerramento da rodada

    Créditos: Orlando Bento/MTC

    Redação

    A décima rodada do turno da Superliga masculina de vôlei 2017/2018 já teve cinco jogos realizados e o último acontecerá nesta quarta-feira (13.12) entre Minas Tênis Clube e Ponta Grossa Caramuru. O encerramento da rodada será às 20h, na Arena Minas, em Belo Horizonte, e terá transmissão ao vivo do SporTV.

    O time mineiro é o sexto colocado na tabela de classificação da Superliga masculina. Depois de nove jogos, o grupo dirigido pelo técnico Nery Tambeiro venceu cinco jogos, perdeu quatro e somou 15 pontos. Já a equipe paranaense ocupa a nona colocação, com oito pontos após dois resultados positivos e sete negativos.

    Parte do time comandado pelo técnico Nery Tambeiro teve um período de 10 dias de preparação para o jogo, enquanto os garotos com idade Sub-21 disputaram o Brasileiro Interclubes, no Rio de Janeiro, até esse domingo. O ponteiro Henrique Honorato, os opostos Davy Silva e Felipe Roque, o central Pingo, o líbero Maique, o assistente-técnico Guilherme Ferreira, que comandou o time Sub-21, e o estatístico Marcelo Melado foram campeões do campeonato de categoria. Para o jogo desta quarta-feira, Nery Tambeiro terá o time completo à sua disposição.

    “Estamos bem preparados e bem focados para o jogo de amanhã. O Nery sempre nos passa que o jogo mais importante é o próximo, independentemente do adversário. O nosso objetivo é manter o nosso padrão de jogo, fazer o que estamos treinando. Ter um sistema defensivo bem forte e, nos momentos decisivos, conseguir virar as bolas importantes. Se alcançarmos isso e contarmos com a força do nosso grupo, acredito que temos chances de vencer a partida”, afirmou Henrique Honorato.

    A décima rodada também teve jogo antecipado devido a participação do Sada Cruzeiro no Mundial de Clubes. Na ocasião, o time mineiro venceu o Sesi-SP por 3 sets a 1. Nos outros jogos, o Montes Claros Vôlei venceu o Copel Copel Telecom Maringá Vôlei por 3 a 0; o Lebes Canoas bateu o JF Vôlei por 3 a 1; o Sesc RJ levou a melhor sobre o Vôlei Renata por 3 a 1, e o EMS Taubaté Funvic venceu o Corinthians-Guarulhos por 3 sets a 0.

  • Copa do Brasil: Vôlei Nestlé enfrenta Hinode Barueri nesta sexta-feira (15)

    Mari Paraíba no passe      (João Neto/Fotojump)

    Fonte: ZDL – Rafael De Marco

    Com o final do primeiro turno da Superliga, as atenções do Vôlei Nestlé se voltam para a Copa do Brasil. Tandara, Bia e cia. lutarão por uma das quatro vagas na fase decisiva contra o Hinode Barueri na próxima sexta-feira (15), a partir das 19h30, no ginásio José Liberatti. As finais da competição serão dias 18 e 19 de janeiro de 2018, na cidade de Lages, Santa Catarina. Campeão 2008 e 2014, o time de Osasco busca o tricampeonato.

    Em terceiro lugar na Superliga, a equipe de Osasco vai enfrentar o Hinode, porque o time de Barueri terminou o primeiro turno na sexta colocação. Para as atletas do Vôlei Nestlé, será a oportunidade de lutar por mais um título. “A Copa do Brasil é uma competição importante dentro do calendário nacional e vamos com tudo em busca da classificação para as finais. Jogar em casa é sempre uma vantagem para nós, pois a torcida empurra o time todo o tempo, sempre nos incentivando e fazendo a diferença aqui no Liberatti”, avalia a ponteira Mari Paraíba.

    Assim como na decisão do Campeonato Paulista deste ano, Vôlei Nestlé e Hinode terão ‘rodada dupla’ em competições diferentes. Após vencer o time de Barueri no Golden Set e conquistar o hexacampeonato estadual dia 13 de outubro, a equipe de Osasco voltou a enfrentar o mesmo adversário quatro dias depois, na estreia da Superliga 2017/18 (vencendo por 3 sets a 1). Agora, os dois clubes duelam pela Copa do Brasil nesta sexta-feira no Liberatti, para voltar ao mesmo ginásio na terça-feira (19), para a abertura do segundo turno da Superliga.

    Bicampeão – Criado em 2007 pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), a Copa do Brasil teve seis edições até hoje. Osasco venceu duas. Em 2008, com patrocínio do Finasa, derrotou São Caetano/Blausiegel por 3 a 2, com parciais de 25/21, 18/25, 25/21, 19/25 e 15/12, em 2h03 de uma emocionante final, no Ginásio do Círculo Militar do Paraná, em Curitiba. Em 2014, com patrocínio da Nestlé e adotando o nome Molico, ganhou o segundo tíitulo da competição ao bater o Sesi por 3 a 1, parciais de (21/19, 21/16, 22/24 e 21/17), no Ginásio Chico Neto, em Maringá, novamente no Paraná.

    Todos os confrontos – A quarta edição da Copa Brasil 2018 será disputada pelas oito melhores equipes do primeiro turno da Superliga 2017/2018. Além de Vôlei Nestlé/Osasco x Hinode Barueri, os confrontos da fase classificatória são: Dentil Praia Clube x São Cristóvão Saúde/São Caetano, em Uberlândia (MG), Sesc/RJ x Pinheiros, no Rio de Janeiro (RJ), e Camponesa/Minas x Fluminense, em Belo Horizonte (MG).