• Sesi-SP luta mas deixa vitória escapar no detalhe na semifinal da Superliga 2016/17

    Foto: Helcio Nagamine/Divulgação Fiesp

    Fonte: Amanda Demétrio – Assessoria de Imprensa SESI-SP / FIESP

    Jogando fora de casa, em São Caetano, o time masculino de vôlei do Sesi-SP marcou, pontuou, levantou a torcida, mas no detalhe acabou superado pelo Funvic Taubaté na noite do último sábado (15/4). O resultado de 3 sets a 2 (23/25, 25/21, 25/18, 19/25 e 13/15), coloca o adversário na frente em 2 a 0 no playoff melhor de cinco das semifinais da Superliga 2016/17. A terceira partida está marcada para o dia 21, sexta-feira, às 21h, em Taubaté.

    Com o apoio de cerca de 900 alunos do Sesi-SP, além da torcida que lotou o ginásio Lauro Gomes, Murilo, Bruno, Theo, Riad, Sérgio e companhia sofreram um pouco no início da partida e viram o Taubaté sair na frente. Atrás por apenas dois pontos, o time da capital paulista não se deixou abater e recuperou o domínio dentro de quadra.

    Riad cresceu no bloqueio, Theo veio forte pela lateral e com Lucão pelo meio, o Sesi-SP conseguiu se recuperar. Na frente por 2 sets a 1, o grupo comandado pelo técnico Marcos Pacheco precisava de mais uma parcial positiva para igualar a série, mas não aconteceu. A torcida do Taubaté que compareceu ao ginásio apoiou o time, vibrou e viu Lucarelli, Wallace e companhia empatar o jogo e levar a decisão para o tie break. Melhor para a equipe do Vale do Paraíba, que ficou com a vitória.

    “Nós entramos forte, com garra, mas eles acabaram acertando detalhes que nós pecamos. Apesar do resultado estou de feliz em voltar bem. Pude ajudar o time em muitos momentos e agora é trabalhar forte. Sabemos que em Taubaté é difícil, mas precisamos entrar mais fortes do que aqui hoje”, comentou o ponteiro Vaccari, autor de 10 pontos.

    O oposto Theo foi o artilheiro em quadra, com 22 pontos marcados, seguido pelo central Lucão com 14. E pelo voto do público, o ponteiro do Taubaté, Lucarelli ficou com o troféu VivaVôlei.

    Marcos Pacheco mandou para a quadra o levantador Bruninho, o oposto Theo, os centrais Lucão e Riad, os ponteiros Murilo e Vaccari, além do líbero Serginho. Entraram Alan, Rafa, Leitzke, Johan e Fábio.

    Enquanto o Funvic Taubaté começou com o levantador Rapha, o oposto Wallace, os centrais Eder e Otavio, os ponteiros Lucarelli e Lucas Lóh e o líbero Mário Jr. Entraram Renan, Japa e Gelinski.

Autor:


Deixar um comentário

Deixe um comentário .

Algumas tags HTML são permitidas, são elas:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong> 

Total