• Superliga feminina 2019/2020: Na TV Cultura, Valinhos recebe São Paulo/Barueri neste sábado (14)

    Créditos: Divulgação Barueri

    Redação

    A equipe do Valinhos terá pela frente o São Paulo/Barueri, às 19h, no CT do Valinhos, em Valinhos (SP). A partida terá transmissão ao vivo da TV Cultura.

    O treinador André Rosendo, do Valinhos, comentou sobre o momento atual do time valinhense na competição.

    “Nosso maior foco é buscar uma motivação a mais para o elenco crescer como equipe. Consegui mais uma jovem atleta para nos ajudar, porém vamos sofrer com a falta de experiência. Estamos em busca do nosso primeiro ponto na competição e vamos dar início a um novo futuro”, explicou André Rosendo.

    No São Paulo/Barueri, a oposta Lorenne tem sido um dos destaques do time comandando pelo treinador José Roberto Guimarães na Superliga 19/20. Para a jovem jogadora de 23 anos, o time de Barueri precisará de concentração para o duelo de sábado contra o Valinhos.

    “Vamos em busca de mais uma vitória. Na Superliga não tem jogo fácil e essa é uma partida importante para nossa classificação. O Valinhos tem evoluído e vai jogar em casa. Estamos confiantes e temos que jogar concentradas”, afirmou Lorenne.

  • Superliga feminina 2019/2020: Após mundial de clubes, Itambé/Minas recebe o Sesc-RJ, neste sábado (14)

    Créditos: Orlando Bento/MTC

    Redação

    A equipe Itambé/Minas está de volta ao Brasil. Após conquistar  a quinta colocação no Mundial de Clubes, realizado em Shaoxing, na China, a equipe mineira volta as atenções para a sequência da Superliga Feminina 2019/20. Atual campeão da competição nacional, as comandadas do técnico Nicola Negro recebem, neste sábado, (14/12), às 21h30, na Arena Minas Tênis Clube, o Sesc-RJ, em jogo válido pela oitava rodada da fase de classificação do torneio. O Sportv transmite a partida.

    Os ingressos para o jogo estão à venda na internet (Clique AQUI). O valor promocional e limitado aos 1.500 primeiros torcedores é R$ 10. Sócios do Clube também podem comprar o ingresso nas Centrais de Atendimento. No dia do jogo, os bilhetes estarão à venda na bilheteria da Arena, caso ainda tenha disponibilidade. Tanto a bilheteria quando os portões do ginásio serão abertos às 20h.

    O Itambé/Minas é o quinto colocado da Superliga, com 14 pontos. Porém, devido ao período em que esteve na China, o time mineiro tem três jogos a menos, em relação ao líder Sesc-RJ, que está com 18 pontos. A última vez que entrou em quadra pela Superliga, a equipe mineira venceu o Curitiba Vôlei, por 3 sets a 0, no dia 25/11.

  • Superliga masculina 2019/2020: Fiat/Minas sai na frente, mas sofre a virada

    Créditos: Renato Antunes/Maxx Sports Brasil

    Redação

    Abrindo a oitava rodada da Superliga Masculina 2019/20, Fiat/Minas e EMS Taubaté Funvic fizeram uma boa partida na noite desta sexta-feira (13/12). Em jogo realizado no ginásio do Abaeté, no interior paulista, o time da casa levou a melhor e venceu por 3 sets a 1, de virada, com parciais de 18/25, 25/20, 25/21 e 25/19. O ponteiro Lucarelli foi eleito o melhor jogador da partida e ficou com o Troféu Viva Vôlei. 

    A equipe de Taubaté aparece na liderança isolada da Superliga 19/20, com 24 pontos (oito vitórias e apenas um set perdido). O Fiat/Minas está na oitava colocação, com sete pontos (dois resultados positivos e cinco negativos). 

    As duas equipes voltarão à quadra na próxima quarta-feira (18/12). O Fiat/Minas terá pela frente o Ponta Grossa, às 19h30, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG). O EMS Taubaté Funvic jogará com o Sesc RJ, às 21h30, no ginásio do Tijuca, no Rio de Janeiro (RJ).

    Com a palavra:

    Rodrigo, levantador do Fiat/Minas:   “A gente tem trabalhado muito forte. Entramos bem no primeiro set, com boa consistência no saque e conseguimos vencer. Depois, começamos a cometer alguns erros e eles cresceram no jogo. O Taubaté é um time montado para ser campeão, não podemos bobear. Agora, é continuar trabalhando para melhorar e evoluir ao longo da competição”, afirmou o levantador.

    Lucarelli, ponta do EMS Taubaté Funvic:   “O Fiat/Minas fez uma boa partida contra o Sesi-SP e sabíamos que esse jogo seria difícil. É uma equipe que foi se formando no decorrer da competição e chegou muito bem nessa fase. Nós tomamos alguns pontos bobos no primeiro set e isso foi bom para nós acordarmos para as outras parciais que jogamos melhor”, disse Lucarelli.

  • Superliga feminina 2019/2020: Mesmo jogando mal, Osasco-Audax consegue vitória no Rio

    Créditos: Marcelo Cortes / Flamengo

    Redação

    Em um duelo de cinco sets, o Osasco-Audax levou a melhor sobre o Flamengo. A equipe do treinador Luizomar de Moura foi até o Rio de Janeiro e venceu com parciais de 27/25, 25/23, 28/30, 21/25 e 15/10, no ginásio do Tijuca, no Rio de Janeiro (RJ). A levantadora Pri Heldes, que entrou ao longo do duelo, ficou com o Troféu VivaVôlei. Apesar da derrota, o Flamengo teve a maior pontuadora do confronto, a central Fê Isis, com 23 acertos sendo 10 de bloqueio.O jogo foi muito equilibrado, mas esteve longe de ser uma partida de alto nível. O equilíbrio se deveu ao alto número de erros de ambos os times.

  • Superliga feminina 2019/2020: Após mundial de clubes, Dentil/Praia Clube vence o Sesi Vôlei Bauru

    Créditos: Divulgação Praia Clube

    Redação

    Na noite desta sexta-feira, (13/12), na Arena Praia, o Dentil/Praia Clube realizou o primeiro confronto após a disputa do Mundial de Clubes, realizado no início do mês, em Shaoxing, na China. Diante dos torcedores praianos, as comandadas pelo técnico Paulo Coco não decepcionaram e venceram o Sesi Vôlei Bauru, por 3 sets a 0, parciais de 25/20, 27/25 e 25/15, em 1h29 de partida. A oposta Fawcett teve boa atuação e ficou com o Troféu VivaVôlei. A ponteira Martinez foi a maior pontuadora da partida, com 16 acertos.

  • Superliga feminina 2019/2020: Curitiba Vôlei derrota o Pinheiros em São Paulo

    Créditos: Ricardo Bufolin / Panamerica Press / ECP

    Redação

    Na partida entre o Curitiba Vôlei e o Pinheiros, quem levou a melhor foi a equipe paranaense. Nesta sexta-feira (13/12), o time do treinador Duda superou o grupo da capital paulista em sets diretos com parciais de 25/18, 25/17 e 25/19, no ginásio Henrique Villaboin, em São Paulo (SP). A partida foi válida pela oitava rodada do turno da Superliga 19/20 feminina de vôlei.

    Na classificação geral, o Pinheiros aparece em sexto lugar, com 11 pontos (quatro vitórias e cinco derrotas). O Curitiba Vôlei, com um jogo a menos, está na sétima posição, com oito pontos (três resultados positivos e cinco negativos). O Sesc RJ lidera, com 23 pontos.

    A ponteira Talia, do Curitiba Vôlei, teve boa atuação e foi a maior pontuadora do confronto, com 14 acertos (10 de ataque, três de bloqueio e um de saque). A líbero Aninha também se destacou, foi a mais votada no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e ficou com o Troféu VivaVôlei.

    Com a palavra:

    Aninha, líbero do Curitiba Vôlei:   “Esperávamos um jogo difícil. As duas equipes são muito equilibradas e essa partida foi um confronto direto. Estudamos muito o time delas porque sabíamos da qualidade do Pinheiros. A nossa tática funcionou e conquistamos esses três pontos importantes para o nosso grupo”, disse Aninha.

    Camila Paracatu, central do Pinheiros:   “Faltou atitude e postura para o nosso time. Não podemos começar as partidas dessa maneira. Temos que nos cobrar mais nos treinamentos e hoje não fizemos um bom jogo. Vamos batalhar para isso não voltar a acontecer”, afirmou Camila Paracatu.

    As duas equipes voltarão à quadra na próxima sexta-feira (20.12). O Curitiba Vôlei terá pela frente o Flamengo, às 18h, na Universidade Positivo, em Curitiba (PR). Na sequência, às 20h, o Pinheiros jogará com o Fluminense, às 20h, no Hebraica, no Rio de Janeiro (RJ).

  • Mundial de clubes feminino 2019: Imoco Volley Conegliano conquista pela primeira vez

    Créditos: FIVB

    Redação

    Brilhante e de maneira invicta, o Imoco Volley Conegliano conquistou o Mundial de Clubes neste domingo (08/12). Estreante na competição, o clube italiano superou o Eczacibasi Vitra, da Turquia, de virada, por 3 sets a 1, com parciais de 22/25, 25/14, 25/19 e 25/21. O torneio, organizado pela Federação Internacional de Vôlei (FIVB) aconteceu em Shaoxing, na China.

    A oposto Paola Egonu deu um show à parte com incríveis 33 pontos (29 em ataque, 3 em aces e 1 em bloqueios). A experiente central Raphaela Folie teve 11 acertos, enquanto Kimberly Hill ficou com 11.

    Pela equipe turca, comandada pelo brasileiro Marco Aurelio Motta, a sérvia Tijana Boskovic marcou 24 vezes. A brasileira Natália e a sul-coreana Kim Yeon-Koung contribuíram com 17 e 15 pontos, respectivamente.

    Com a palavra:

    Daniele Santarelli, técnico do Conegliano:    “Estamos felizes com a conquista. No primeiro set, sentimos muita pressão, mas no segundo, fizemos algumas mudanças e a equipe jogou bem. Estamos felizes com a vitória”, concluiu o treinador

    Kim Yeon-Koung, ponta do Eczacibasi:   “O Conegliano jogou um belo voleibol hoje. Elas mereciam ganhar a competição. Na verdade, não conseguimos começar bem, no primeiro e segundo set. Não fomos bem na defesa e no bloqueio, não conseguimos parar a Egnou, ela jogou muito bem. Ela foi um grande problema para a nossa defesa, afirmou a ponteira.

    Classificação final:
    1 – Imoco Volley Conegliano
    2 – Eczacibasi VitrA
    3 – Vakifbank Istanbul
    4 – Igor Volley Novara
    5 – Itambé/Minas
    6 – Dentil/Praia Clube
    7 – Guangdong Evergrande
    8 – Tianjin Bohai Bank

  • Mundial de clubes feminino 2019: Itambé/Minas derrota Dentil Praia Clube

    Créditos: FIVB

    Redação

    Na madrugada deste domingo, (08/12), a equipe do Itambé/Minas de virada e no tie-break, venceu o seu rival, Dentil/Praia Clube por 3 sets a 2 (18/25, 25/14, 18/25, 25/22 e 15/9), e ficaram com a quinta posição no Mundial de Clubes de vôlei, em Shaoxing, na China.

    Deja Mcclendon foi autora de 23 pontos e acabou sendo escolhida a MVP do jogo, enquanto Thaisa foi responsável por 18 acertos. Do lado praiano, Brayelin Martinez e Nicole Fawcett tiveram 21 e 18 acertos, respectivamente.

    Com a palavra:

    Nicola Negro, técnico do Itambé/Minas:   “Não conquistamos medalhas, mas foi um bom resultado. É um reconhecimento pelo nossos esforços. Melhoramos a cada partida e vamos crescer mais a cada dia. É um grande passo, vamos voltar ao Brasil e temos uma temporada longa pela frente. Espero que continuemos fazendo o melhor”, disse o treinador

    Carol, central do Dentil/Praia Clube:   “Foi um jogo muito difícil, porque o Minas conhece muito o nosso jogo. Jogamos umas contra as outras várias vezes, elas nos conhecem e nós também conhecemos. Não conseguimos jogar bem em algumas situações e acabamos perdendo o jogo. Elas fizeram um belo jogo. Este mundial foi bem equilibrado, por isso estou feliz de ter participado dele”, afirmou a central

    Agora, as equipes brasileiras retornam ao Brasil para a continuidade da Superliga. Anteriormente, o Praia Clube já havia superado o Minas no Desafio MGxRJ, na Supercopa e no Campeonato Mineiro.

  • Superliga masculina 2019/2020: TV Cultura transmite Vôlei Renata e EMS Taubaté Funvic, neste domingo (08/12)

    Créditos: Divulgação

    Redação

    Depois de dez dias na estrada, 2.272 quilômetros viajados e três vitórias conquistadas, o Vôlei Renata retorna ao Ginásio do Taquaral para a sequência da Superliga Masculina. Os campineiros enfrentam EMS Taubaté Funvic, neste domingo (08/12), às 20 horas, em Campinas, pela sétima rodada da competição. O duelo terá transmissão da TV Cultura.

    O Vôlei Renata chega à 7ª rodada ocupando a 5ª colocação da Superliga. A equipe paulista traz uma campanha de quatro vitórias e duas derrotas, somando 10 pontos até aqui. Na última rodada, a equipe campineira venceu o SESI-SP, fora de casa, por 3 a 1. O time campineiro foi o adversário do EMS Taubaté Funvic nas finais do Campeonato Paulista Masculino de Vôlei 2019. Em dois confrontos duríssimos, o Taubaté acabou hexacampeão, ao derrotar o Vôlei Renata, em Campinas, por 3 sets a 2 e depois vencendo o Golden Set.

    Após seis vitórias consecutivas nas seis primeiras rodadas da Superliga 2019/2020 – contra APAN Blumenau (SC), Ponta Grossa Vôlei (PR), Pacaembu/Ribeirão Preto (SP), América Vôlei (MG), Vôlei UM Itapetininga (SP) e Denk Academy Maringá Vôlei (PR) -, todas por 3 sets a 0, o time taubateano está na liderança isolada da Superliga com 18 pontos ganhos e 100% de aproveitamento, não tendo perdido nenhum set até agora. O vice-líder é o SESC-RJ, com 16 pontos, mas já com um jogo a mais em relação ao Taubaté.

  • Superliga masculina 2019/2020: Apan Blumenau vence em Montes Claros

    Créditos: Divulgação

    Redação

    O Apan Blumenau (SC) venceu um duelo de cinco sets contra o América Vôlei (MG) com parciais de 28/26, 25/21, 24/26, 20/25 e 15/6, no ginásio Tancredo Neves, em Montes Claros (MG), neste sábado (07/12). O ponteiro Ricardo, do Apan Blumenau, ficou com o Troféu VivaVôlei e o oposto Franco foi o maior pontuador da partida, com 21 acertos.