• Copa do Brasil feminina 2020: Dentil/Praia Clube encara o São Paulo/Barueri

    Créditos: Divulgação Praia Clube

    Redação

    Após estrear o returno da Superliga com vitória na última sexta-feira (17/01), o Dentil/Praia Clube dá uma pausa na competição nacional para mais um compromisso organizado pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV). Nesta semana, as praianas participam da Copa Brasil de Voleibol Feminino 2020. O torneio reúne os oito primeiros colocados do turno da Superliga Feminina.

    A fase classificatória da Copa Brasil acontece na cidade das quatro equipes com melhores campanhas do turno, sendo disputada em cruzamento: 1º x 8º, 2º x 7º, 3º x 6º e 4º x 5º. Com o segundo lugar garantido na classificação final do turno da temporada 2019/2020, a equipe Dentil/Praia Clube enfrentará o sétimo colocado, São Paulo/Barueri. A partida acontece na terça-feira, (21/01), às 19h30, na Arena Praia, em Uberlândia (MG).

    Esta será a nona edição da Copa Brasil, torneio criado em 2007 pela Confederação Brasileira de Vôlei. O campeão do torneio conquista o direito de participar da próxima edição da Supercopa, onde se enfrentam as equipes donas dos títulos da Copa Brasil e da Superliga Feminina. Em 2019, o Dentil/Praia Clube chegou à final da Copa Brasil, mas foi superado pelo Itambé/Minas.

    A partida desta terça-feira (21/01) terá entrada gratuita para associados praianos e visitantes. Os portões são abertos uma hora antes do início dos confrontos. Os visitantes têm acesso à Arena pelo portão 14 da Avenida Uirapuru, localizada no Bairro Cidade Jardim.

  • Copa do Brasil feminina 2020: Sesc RJ encara o Pinheiros por uma vaga nas finais

    Créditos: Divulgação Sesc RJ

    Redação

    Equipe do Sesc RJ recebe o tradicional rival paulista nesta terça, (21/01), no ginásio do Tijuca Tênis Clube, e conta com a torcida para avançar de fase na competição. 

    O Sesc RJ inicia a disputa pelo tetracampeonato da Copa Brasil de vôlei feminino nesta terça-feira. Diante do Pinheiros, a partir das 19h30, no ginásio do Tijuca Tênis Clube, a equipe comandada pelo técnico Bernardinho lutará por uma vaga na semifinal da competição. Eliminatório, o confronto garante o vencedor nas finais, que serão disputadas no final do mês em Jaraguá do Sul (SC).

    Primeiro colocado no primeiro turno da Superliga feminina de vôlei, o Sesc RJ pegou o Pinheiros, oitavo lugar, pelo chaveamento e garantiu a vantagem do mando de quadra. Desta maneira, terá sua fanática torcida ao seu lado.

    Com a palavra:

    Juciely, central do Sesc RJ:   “Elas jogam muito com as centrais. Hoje são as principais jogadoras do Pinheiros, junto com a Karina (oposta). Temos que partir de um bom saque. Isso é fundamental para neutralizar essas bolas de velocidade delas. Depois da folga de final de ano, temos trabalhado muito e esperamos manter o bom ritmo, subindo nosso padrão de jogo a cada partida”, afirmou Juciely.

    Sérgio Negrão, técnico do Pinheiros:   “Jogaremos contra o líder da Superliga. Uma equipe muito consistente e com um ataque fortíssimo. Vamos corrigir os erros do último jogo e diminuir o número de pontos dados ao adversário (foram 30 pontos em quatro sets). Para ganhar de um time qualificado como o Sesc, teremos de fazer uma partida muito boa em todos os fundamentos”, comentou o técnico pinheirense.

  • Superliga masculina 2019/2020: Em clássico estadual, Sada Cruzeiro bate América no tie-break

    Créditos: Clarissa Caldeira

    Redação

    De virada, o Sada Cruzeiro venceu o América Vôlei nesta noite de domingo, (19/01), em Montes Claros (MG). Por 3 sets a 2, o elenco cruzeirense superou o time da casa e segue isolado na liderança da tabela da Superliga. As parciais no Norte de Minas foram (22/25, 25,21, 25/18, 22/25 e 15/9). E o foco da equipe azul já está na semifinal da Copa Brasil, que o time disputa nesta sexta-feira, (24/01).

    Apesar do resultado negativo do seu time, o ponteiro Pablo foi quem mais pontuou no duelo, com 19 pontos (17 de ataque e dois de bloqueio).

    Já o oposto Luan, do Sada Cruzeiro, que entrou em quadra no primeiro set, recebeu o maior número de votos no site da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) e foi eleito, por votação popular, o melhor jogador em quadra.

    Com a palavra:

    Luan, oposto do Sada Cruzeiro:   “A gente já esperava um jogo complicado aqui hoje. O time do América é a nossa base, com histórico de treinamentos dentro do nosso clube e nos conhecem como ninguém. Já esperávamos um jogo difícil, mas não correspondemos bem e eles aproveitaram isso em muitos momentos. Todos os jogos são complicados agora e a gente tem que saber sair dessas situações o mais rápido possível. Quem está dentro de quadra precisa jogar o seu melhor e quem entra durante o jogo tem que dar conta. É assim que se constrói um grande time”, avaliou Luan.

    Henrique Furtado, técnico do América Vôlei:   “A avaliação é boa. Foi uma partida bem jogada e fiquei feliz pela dedicação dos atletas. Jogamos como um time e fomos agressivos. Estamos aprendendo muito durante a Superliga, enfrentando as dificuldades de frente. Vamos ser sempre aguerridos e vamos buscar a vitória sempre. É o espírito desse time”, concluiu o treinador.

  • Superliga masculina 2019/2020: Fiat/Minas vai ao Paraná e vence o Denk Academy Maringá Vôlei

    Créditos: Fernando Teramatsu/Resenha Comunicacão

    Redação

    O Fiat/Minas enfrentou o time e a torcida do Denk Academy Maringá Vôlei na cidade de Maringá (PR). Com boa distribuição do levantador Rodrigo Ribeiro, eleito o melhor jogador da partida, a equipe de Belo Horizonte (MG) saiu de quadra vitoriosa por 3 sets a 0 (25/23, 25/21 e 28/26).

    Com o triunfo, a equipe mineira segue na sexta posição, agora, com 21 pontos, um a menos que o quinto colocado, o Vôlei Renata, adversário direto no próximo sábado (25/01). 

    O oposto Felipe Roque foi o maior pontuador do jogo, com 17 acertos, sendo 15 de ataque, um de saque e um de bloqueio. 

    Com a palavra:

    Rodrigo Ribeiro, levantador do Fiat/Minas:    “Apesar dos 3 a 0, foi um jogo duro. Maringá é uma equipe qualificada, brigava com a gente direto pela sexta posição e sabíamos da importância de vitória para distanciar deles. Fico feliz com o Troféu Viva Vôlei e por ter ajudado a equipe. Agradeço a todos pela torcida e estamos lutando para evoluir cada vez mais”, comentou Rodrigo.

  • Fluminense realiza peneira do vôlei no dia 25 de janeiro

    Divulgação Fluminense

    Redação

    Reconhecido como um dos maiores formadores de atletas do país, o Fluminense realiza sua peneira do vôlei no dia 25 de janeiro. Meninos e meninas nascidos de 2003 a 2009 podem participar do processo de seleção. Basta comparecer à sede do clube, em Laranjeiras, com documento de identificação, 1kg de alimento não perecível e material de treinamento (short, camisa e tênis). Vale lembrar que não será permitida a entrada com camisas de outras agremiações.

    25/01/2020 – sábado

    9h – Peneira feminina
    11h – 
    Peneira masculina

    Fluminense Football Club, Rua Álvaro Chaves, 41, Laranjeiras, Rio de Janeiro

  • Copa do Brasil masculino 2020: EMS Taubaté Funvic vence e se garante na semifinal

    Créditos: Renato Antunes/Maxx Sports

    Redação

    O EMS Taubaté Funvic é o primeiro classificado para a Fase Final da Copa Brasil masculina de vôlei 2020. Na noite desta terça-feira (14/01), a equipe paulista, segunda colocada no turno da Superliga 19/20, recebeu o sétimo colocado, Denk Academy Maringá Vôlei, no ginásio do Abaeté, em Taubaté (SP), e, com o apoio da sua torcida, venceu por 3 sets a 0 (25/17, 25/16 e 25/21).

    Com a palavra: 

    Rapha, levantador do EMS Taubaté Funvic:   “Temos um primeiro objetivo conquistado, que era estar nas finais da Copa Brasil, um campeonato importante e que queríamos muito estar lá e fazer parte disso. Estou feliz e orgulhoso pelo time, pela forma como encaramos esse jogo e agora já começamos a pensar nessa Fase Final lá em Jaraguá, que tenho certeza que vai ser um alto nível”, disse Rapha.

    Depois deste confronto entre EMS Taubaté Funvic e Denk Academy Maringá Vôlei, que aconteceu nesta terça-feira (1401), os outros três serão hoje (15/01), entre: Sada Cruzeiro x Vôlei UM Itapetininga, Sesi-SP x Fiat/Minas, e Sesc RJ x Vôlei Renata.

  • Superliga feminina 2019/2020: Em confronto direto, São Paulo/Barueri vence o Curitiba Vôlei

    Créditos: Barueri Esporte Forte

    Redação

    O São Paulo/Barueri jogou em casa e venceu o confronto direto contra o Curitiba Vôlei. O time do treinador José Roberto Guimarães levou a melhor contra a equipe paranaense por 3 sets a 1 (25/19, 20/25, 25/22 e 25/15), no ginásio José Correa, em Barueri (SP).

    A levantadora Juma se destacou e ficou com o Troféu VivaVôlei. A oposta Sabrina, do Curitiba Vôlei, foi quem mais marcou pontos no confronto, com 24 pontos.

  • Superliga feminina 2019/2020: No tie-break, Dentil/Praia Clube vence o clássico mineiro

    Créditos: Assessoria Praia Clube

    Redação

    O Dentil/Praia Clube somou sua terceira vitória no ano de 2020 na noite desta terça-feira, (14/01). Incentivadas pela torcida do início ao fim, as comandadas do técnico Paulo Coco superaram a equipe do Itambé/Minas por 3 sets a 2 (parciais de 25/21, 16/25, 22/25, 25/19 e 15/9), em Uberlândia (MG). A partida marcou o último jogo do turno da Superliga Feminina de Vôlei 2019/2020. 

    O time de Uberlândia, terminou o turno na segunda colocação, com 29 pontos (10 vitórias e um derrota). O Itambé/Minas ficou com a terceira posição, com 27 pontos (nove resultados positivos e dois negativos). O Sesc RJ acabou na liderança, também com 29 pontos e a mesma campanha do Dentil/Praia Clube, mas com um melhor saldo de sets.  Já, o Itambé/Minas fechou na terceira colocação com 27 pontos.

    No duelo mineiro destaque para a oposta norte-americana Nicole Fawcett. A atacante foi a maior pontuadora do confronto, com 20 pontos, e ficou com o Troféu VivaVôlei. Ao final do jogo, ela entregou sua premiação para a levantadora Claudinha que entrou bem durante a partida. A central Carol e a ponteira Pri Daroit também se destacaram, com 19 pontos cada uma.

    Com a palavra:

    Paulo Coco, técnico do Dentil/Praia Clube:    “Não fizemos uma boa partida, pois fomos muito irregulares em alguns momentos. O time alternou muito. Foi importante a vitória, principalmente pelo contexto da equipe. O importante é arrumar soluções durante a partida e buscar a vitória. Foi isso que conseguimos fazer com um pouco mais de equilíbrio no quarto e quinto sets. Enfim, foi um jogo difícil, com uma equipe muito qualificada, o que torna a vitória importante”, comentou o  treinador.

    As duas equipes voltarão à quadra na próxima sexta-feira (17/01) pelo returno da competição. O Dentil/Praia Clube jogará com o Valinhos, às 19h30, no ginásio do Praia, em Uberlândia (MG). Já o Itambé/Minas medirá forças com o Flamengo, às 21h30, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG).

  • Superliga feminina 2019/2020: Com facilidade, Fluminense vence o clássico carioca

    Créditos: Mailson Santana/Fluminense

    Redação

    No início da noite desta terça-feira (14/01) o Fluminense recebeu o Flamengo no ginásio do Hebraica, no Rio de Janeiro. Com a torcida a favor, o tricolor carioca levou a melhor por 3 sets a 0 (25/16, 25/14 e 25/15).

    O resultado positivo deixou o Fluminense na sexta posição (16 pontos e seis vitórias) e garantido na Copa Brasil. Já o Flamengo segue no décimo lugar. O destaque do duelo entre os dois tradicionais times do voleibol do Rio de Janeiro foi a ponteira Thaisinha, do Fluminense, que foi eleita por votação popular no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) a melhor em quadra, ficando com o Troféu VivaVôlei. Ela ainda foi a maior pontuadora com 15 pontos.

    Com a palavra:

    Thaisinha, ponta do Fluminense:   “Esperávamos um jogo mais complicado por se tratar de um clássico. Não sei se elas sentiram a pressão da torcida, mas o importante é que fizemos um jogo perfeito. Era isso que tínhamos em mente e conseguimos. Ser eleita a melhor em quadra pelo público é uma alegria enorme”, comentou a ponteira.

    Letícia Hage, central do Fluminense:   “O importante foi que entramos em quadra mais com a ideia de conseguirmos melhorar nossa classificação do que encarar um clássico. Então essa adrenalina acabou ficando mais para o lado delas, e aproveitamos a torcida em nosso favor e tudo fluiu. O nosso saque foi a chave, facilitou o trabalho do nosso bloqueio”, disse Letícia.

    O próximo compromisso do Fluminense será neste sábado (18/01), pela primeira rodada do returno, contra o São Paulo/Barueri (SP), às 19h, também no Hebraica. A TV Cultura transmite ao vivo. Já o Flamengo joga na sexta-feira (17/01), contra o Itambé/Minas, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG), às 21h30, com transmissão do SporTV 2.

  • Superliga feminina 2019/2020: Osasco-Audax passa pelo Valinhos e encerra primeiro turno

    Jaque, pela ponta  (João Pires / Fotojump)

    Redação

    O Osasco-Audax encerrou o turno com vitória na Superliga 19/20. A equipe de Osasco superou o Valinhos por 3 sets a 0 (25/12, 25/17 e 25/20), no ginásio José Liberatti, em Osasco (SP). A líbero Camila Brait se destacou e ficou com o Troféu VivaVôlei. Apesar da derrota, o time de Valinhos teve a maior pontuadora do confronto, a atacante Anny, com 14 acertos.

    Com a palavra: 

    Camila Brait, líbero do Osasco-Audax:   “Eu não esperava ganhar, pois várias meninas jogaram bem e também mereciam. Fico feliz, mas fico mais feliz pela maneira que o time jogou, apesar de alguns erros a mais no terceiro set. Como nos anos anteriores, nós voltamos melhor após a parada para as festas de final de ano. Agora é seguir trabalhando para que mais vitórias venham”, completou a líbero.

    Luizomar de Moura, técnico do Osasco-Audax:   “O time jogou com seriedade, o que é importante diante de um adversário que entra na disputa sem nada a perder. Encerramos bem o primeiro turno, com duas vitórias seguidas em 2020, e agora é seguir trabalhando para fazer um returno melhor e buscar subir posições na tabela, já pensando na briga pelos playoffs”, avaliou o treinador.