• Campeonato Mineiro feminino 2015 começa sexta-feira

    Fonte: FMV

    Tudo pronto para a maior competição adulta do vôlei feminino de Minas Gerais. O Campeonato Mineiro 2015 terá início na sexta-feira, 28 de agosto, e sua final está programada para o dia 31 de outubro. Cinco equipes participam do torneio: Minas Tênis Clube e Praia Clube, que disputam a Superliga e entram na competição estadual na fase final, e Mackenzie/ArcelorMittal, Minas Náutico e Vôlei Itabirito, que se enfrentam em turno e returno na fase classificatória.

    Os dois primeiros colocados da fase classificatória se juntam a Camponesa/Minas e Praia Clube para a disputa do quadrangular final, que será realizado no Praia Clube, em Uberlândia, atual campeão estadual. As partidas estão programadas para acontecer entre os dias 28 a 31 de outubro. No quadrangular final, as quatro equipes participantes se enfrentam em turno único. As duas primeiras disputam a final e as outras duas jogam pelo terceiro lugar.

  • Lançado o Campeonato Mineiro Adulto masculino 2015

    Fonte: FMV

    A Federação Mineira de Vôlei lançou na manhã desta quarta-feira (26/8), em Belo Horizonte, a edição 2015 do Campeonato Mineiro Adulto Masculino. Na oportunidade, a diretoria da FMV, os treinadores e um atleta de cada uma das cinco equipes participantes falaram sobre a competição e atenderam a imprensa. André Nascimento (Montes Claros), Everaldo (Minas Tênis Clube), Fábio Paes (UFJF), Renato Hermely (Unincor/Três Corações) e Serginho (Sada Cruzeiro) foram os atletas presentes.

    O Campeonato Mineiro Adulto Masculino 2015, embora tenha sido lançado hoje,  começou na sexta-feira, 21 de agosto, com a vitória do Unincor/Três Corações sobre o UFJF Vôlei por 3 sets a 2. No torneio, as cinco equipes participantes se enfrentam em turno e returno, com os quatro primeiros colocados avançando para as semifinais, que serão disputadas em cruzamento olímpico (1º x 4º, 2º x 3º) e em jogos simples. Os vencedores avançam para a final, a ser disputada também em um só jogo. Semifinais e final terão mando de quadra da equipe de melhor campanha na fase de classificação.

  • Equipe paranaense larga na frente na Liga Nacional 2015 masculina

    Fonte: CBV

    A primeira partida reuniu o campeão da região Sul contra o vencedor da região Norte, melhor para o time da Prefeitura Municipal de Castro (PR) que bateu o AA Nílton Lins (AM) por 3 sets a 1 (25/20, 24/26, 25/17 e 26/24), em 2 horas. O levantador e capitão da equipe paranaense, William, disse que o nervosismo marcou a disputa.

    “Os dois times estavam nervosos, principalmente nos dois primeiros sets. Nós conseguimos melhorar no terceiro set. Jogamos com confiança em nosso saque. Tivemos dificuldades no quarto set, mas recuperamos a concentração e fechamos o jogo. Temos que manter esta confiança para a próxima partida”, concluiu o levantador.

  • Blumenau e Minas/Náutico largam na frente na Liga Nacional 2015

    Fonte: CBV

    A primeira rodada do torneio feminino da fase final da Liga Nacional 2015 foi positiva para Blumenau V.C. (SC) e Minas/Náutico (MG). Nesta quarta-feira (26.08) as equipes representantes do Sul e do Sudeste bateram, respectivamente, as campeãs do Centro-Oeste e Norte, no ginásio FAV/V2, em Maceió (AL) e saíram na frente na disputa pelo título e uma vaga na próxima edição da Superliga B.

    No jogo inaugural, o Blumenau V.C. derrotou o APROVEC Voleibol (GO) por 3 sets a 0 (25/14, 25/19 e 25/16), em 1h15. O bloqueio do time catarinense fez a diferença, assim como o saque, que dificultou bastante as ações ofensivas da equipe goiana.

    O outro time a começar a competição com vitória foi o Minas/Náutico, que levou a melhor sobre o Recanto da Criança (AM) por 3 sets a 0 (25/20, 25/15 e 25/15), em 1h20. Com atletas que passaram pelas seleções de base e um conjunto superior fisicamente, a equipe mineira conseguiu o resultado positivo principalmente com o forte bloqueio e contando com a inexperiência das adversárias.

    O campeão olímpico Ânderson é o treinador do Minas/Náutico e comentou a estreia na competição. Para o técnico alguns erros poderiam ser evitados, mas que um certo nervosismo no primeiro jogo é normal.

    “Ganhamos no individual. O nervosismo da estreia faz parte, mas não podemos entrar em quadra achando que somos melhores e que vamos ganhar. Precisamos rever nossos valores. Mas a vitória é sempre importante”, completou Ânderson.

    Na sequência do torneio, nesta quinta-feira (27.08), pela segunda rodada, o Minas/Náutico (MG) enfrenta o Blumenau V. C., às 14h. Mais tarde, às 18h, é a vez do CRB (AL) estrear frente ao Recanto da Criança (AM). O APROVEC (GO) fica de fora e retorna na terceira rodada.

  • Vôlei Nestlé/Osasco – Reservas ganham chances no Paulista 2015

    Fonte: ZDL

    O Vôlei Nestlé começa sua participação no Campeonato Paulista 2015 na sexta-feira (28), diante do Renata Valinhos/Country, fora de casa, com coadjuvantes que serão protagonistas. Geralmente com pouco tempo de quadra, Diana, Marjorie e Dani Terra serão as titulares da equipe na primeira fase do estadual. Além delas, a jovem Saraelen, que acaba de ser campeã mundial sub 23, fará sua estreia com a camisa do time de Osasco. Elas terão chance de iniciarem as partidas por causa das ausências de Dani Lins, Camila Brait, Adenízia e Suelle, que estão com a seleção brasileira, Lise Van Hecke, que figura no elenco da seleção belga, e Thaisa, que segue sua recuperação da cirurgia nos dois joelhos.

    Marjorie, com 22 anos, e Dani Terra, 21, já viveram essa experiência na edição passada do estadual e estão preparadas. “Já é minha terceira temporada no Vôlei Nestlé, por isso, não é novidade entrar como titular no começo do Paulista. Eu já fecho com o clube sabendo disso e me preparo bastante para esse momento. Estou tranquila e preparada para ajudar a equipe a fazer bons jogos e conquistar os resultados”, diz a central. “Estou muito feliz e toda a oportunidade é válida. Será muito bom poder começar esse Paulista como titular e adquirir experiência. É a chance de apresentar nos jogos o que treinamos no dia a dia e mostrar que estamos preparadas para quando for preciso”, completa a líbero.

    Saraelen, 21, é companheira de posição de Marjorie e chega para jogar enquanto Thaisa e Adenízia não estiverem à disposição. “Encaro essa oportunidade com muita motivação. Fui muito bem recebida e espero ajudar a equipe da melhor maneira. Eu vim para somar e estou preparada para essa estreia no Paulista”. A levantadora Diana, 30, é a mais experiente das atletas com pouco tempo de quadra e tem papel importante com as mais jovens. “É uma oportunidade boa para o time começar a se organizar para as fases decisivas da competição. Temos as meninas novas que estão chegando e vão nos ajudar muito. O meu papel é importante para poder ajudá-las nos momentos de dificuldades, quando estiverem inseguras durante o jogo. É uma responsabilidade grande e espero me entrosar o mais rápido possível com as meninas que chegaram agora”, comenta.

    O primeiro compromisso do Vôlei Nestlé no Paulista é contra o Renata Valinhos/Country, às 19h30, na sexta-feira (28), no ginásio Pedro Ezequiel, em Valinhos. Campeão em 2014, o time de Osasco já está garantido na semifinal, independente da classificação, enquanto as demais equipes jogam as quartas de final. Além de ser o atual tricampeão, o clube detém a hegemonia na competição estadual, com 12 conquistas. Carcaces, Ivna, Gabi e a levantadora Camila Caroline também estão treinando e à disposição de Luizomar para o primeiro jogo do campeonato.

     

     

     

  • Uniara faz estreia no Paulista 2015

    Fonte: Assessoria de Imprensa/Uniara

    Embalado pelo título conquistado nos Jogos Universitários do Estado de São Paulo – JUESP, o time de vôlei da Uniara/Fundesport estreia no Campeonato Paulista – Divisão Especial contra Pinheiros nesta quinta-feira, dia 27 de agosto, às 19h30, na casa do adversário.

    A técnica da equipe araraquarense, Sandra Mara Leão, destaca que a competição reúne os melhores times do estado e que, portanto, não há jogos fáceis. “Sabemos do potencial de Pinheiros, que além de contar com uma grande estrutura, possui jogadoras de grande potencial e experiência”, comenta.

    A ponteira do Uniara, Fernanda Tomé, afirma que o grupo está ganhando ritmo de jogo a cada partida. “Estamos confiantes, sabemos que jogar com a equipe do Pinheiros nunca é fácil. Treinamos fortes, e vamos para cima delas com determinação”, declara.

    Além do Uniara e de Pinheiros, participam do campeonato as equipes do Sesi, Valinhos, Bauru, Osasco e São Caetano do Sul.

     

     

  • São Cristovão Saúde/São Caetano vence Valinhos pelo Paulista 2015

    Fonte: Assessoria de Imprensa/São Caetano

    Jogando em casa, o São Cristovão Sáude/São Caetano estreou com o pé direito no Campeonato Paulista de Vôlei Feminino 2015 vencendo Renata Valinhos/Country por 3 sets 0, na noite desta terça-feira (25), no Ginásio Lauro Gomes, em São Caetano do Sul.

    Com o retorno do técnico Hairton Cabral, que servia a Seleção Brasileira campeã Mundial Sub-23, o time do ABC não deu chances para o adversário com parciais de 25/19, 25/22 e 25/16. A ponteira Thaisinha foi a maior pontuadora com 19 pontos.

    Agora o São Caetano enfrenta o Concilig/Vôlei Bauru na próxima sexta-feira (28), às 19h30, no Ginásio Panela de Pressão, em Bauru.

  • Seleção Brasileira vence segundo amistoso contra Estados Unidos

    Fonte: CBV

    Depois de vencer os Estados Unidos no último domingo (23.08) no primeiro dos quatro amistosos da USAVCup por 3 sets a 2, a seleção brasileira masculina de vôlei voltou a superar os norte-americanos na noite desta terça-feira (25.08) por 3 sets a 0 (25/18, 25/22 e 25/22), em San Diego, na Califórnia. O time verde e amarelo disputa uma série de amistosos no exterior como preparação para o Sul-Americano, que acontecerá em Maceió (AL), entre os dias 29 de setembro e quatro de outubro.

    Brasil e Estados Unidos voltarão à quadra às 23h (Horário de Brasília) desta quinta-feira (26.08), em Los Angeles, na Califórnia.

    O Brasil começou a partida com o levantador Raphael, o oposto Renan, os ponteiros Lucas Loh e Lucarelli, os centrais Otávio e Éder, além do líbero Mário Jr.

  • Circuito Mundial Feminino – Etapa Polônia

    Fonte: CBV

    O Brasil já conta com duas duplas garantidas na sequência do Grand Slam de Olsztyn, disputado na Polônia. Nesta quarta-feira (26.08), Ágatha e Bárbara Seixas e Larissa e Talita venceram seus jogos válidos pela primeira fase e se garantiram na fase eliminatória.

    Outros três times que representam o país seguem vivos na disputa e com chances de classificação. A terceira e última rodada pela fase de grupos acontece nesta quinta-feira (27.08), com cinco jogos. Valendo a primeira colocação de seus grupos, Ágatha e Bárbara Seixas e Larissa e Talita enfrentam Fan Wang e Yuan Yue, da China, e Evgeniya Ukolova e Ekaterina Birlova, da Rússia, respectivamente.

    Juliana e Maria Elisa, que acumularam um tropeço e uma vitória, encaram as alemãs Katrin Holtwick e Ilka Semmler, enquanto Taiana e Fernanda Berti fecham a chave de grupos contra as italianas Marta Menegatti e Viktoria Orsi Toth. Já Maria Clara e Carolina, que largaram com duas derrotas, enfrentam as polonesas Agata Trybula e Martyna Kloda por uma vaga na repescagem.

    A primeira rodada da fase de grupos foi marcada por um confronto “caseiro”. Pelo grupo A, Larissa e Talita fizeram uma partida equilibrada contra Maria Clara e Carolina e levaram a melhor por 2 sets a 1 (21/14, 19/21 e 15/11), em 47 minutos. A classificação para a próxima fase das campeãs brasileiras veio diante das polonesas Agata Trybula e Martyna Kloda por 2 sets a 0 (21/12 e 21/12), em 25 minutos. Já as irmãs Salgado entraram em quadra em busca da reabilitação diante das russas Evgeniya Ukolova e Ekaterina Birlova, mas foram derrotadas por 2 sets a 1, com parciais de (19/21, 21/19 e 15/9), em 37 minutos.

    Pelo grupo B, as campeãs mundiais Ágatha e Bárbara Seixas atropelaram as donas da casa Maria Wloch e Aleksandra Stepien por 2 sets a 0 (21/15 e 21/7), em 28 minutos. Na segunda partida do dia, a paranaense e a carioca enfrentaram Jennifer Kessi e Emily Day, dos Estados Unidos, e novamente aplicaram 2 sets a 0 – desta vez em parciais de 21/15 e 21/17, em 33 minutos.

    Após avançar a fase classificatória, Taiana e Fernanda Berti estrearam no grupo F com derrota. Diante das finlandesas Riikka Lehtonen e Taru Lahti, as vice-campeãs do Campeonato Mundial, realizado mês passado na Holanda, não desenvolveram seu melhor voleibol e foram derrotadas com facilidade por 2 sets a 0 (21/18 e 21/6), em 33 minutos. Mais tarde, as vice-campeões do mundo deram a volta por cima sobre Pata Miller e Linline Matauatu, de Vanatu, por 2 sets a 0 (21/18 e 21/15), em 33 minutos.

    Juliana e Maria Elisa iniciaram a campanha no Grand Slam da Polônia com resultado negativo para as holandesas Sophie van Gerstel e Jantine van der Vlist por 2 sets a 0 (21/16 e 21/18), em 35 minutos, mas se reabilitaram no jogo seguinte, ao vencerem as alemãs Chantal Laboureur e Julia Sude, de virada, por 2 sets a 1 (19/21, 21/19 e 15/11).

     

  • Seleção Brasileira Sub23 vence Tunísia no Mundial

    Divulgação/FIVB
    Divulgação/FIVB

    Fonte: CBV

    A seleção brasileira masculina sub-23 conseguiu a segunda vitória na luta pelo bicampeonato do Mundial da categoria. Nesta quarta-feira (26.08), o Brasil venceu a Tunísia por 3 sets a 1 (25/21, 22/25, 25/21 e 25/20), em Dubai, nos Emirados Árabes. Brasileiros e tunisianos estão no grupo B ao lado da Rússia, da Turquia, da Argentina e do México. Já o grupo A conta com Cuba, Coréia do Sul, Itália, Iran, Egito e Emirados Árabes.

    No Mundial Sub-23, as equipes se enfrentarão dentro dos seus respectivos grupos e as duas melhores classificadas em cada chave passarão às semifinais. O Brasil aparece em terceiro lugar no grupo B, com seis pontos. A Turquia lidera, com nove (três vitórias) e a Rússia aparece em segundo lugar, com oito pontos, também com três resultados positivos.

    O Brasil voltará à quadra às 12h (Horário de Brasília) desta sexta-feira (28.08) contra a Argentina.

    O Brasil começou a partida com o levantador Thiaguinho, o oposto Alan, os ponteiros Kadu e Douglas, os centrais Aracaju e Flávio, além do líbero Rogerinho. Entraram durante o jogo o levantador Fernando, o ponteiro Henrique Batagim, o oposto Wagner e o central Éder.

    O oposto Alan teve atuação destacada e foi o maior pontuador do confronto, com 22 acertos. O ponteiro Douglas também pontuou bem para o time verde e amarelo, com 19 acertos.