Notícias

Liga da Nações masculina: Brasil estreia com vitória

por: Pedro - Redação

0
Créditos: Divulgação FIVB

Redação

Nesta sexta-feira (25.05), a Seleção Brasileira enfrentou e venceu a Sérvia por 3 sets a 0 (25/22, 25/22 e 26/24), em Kraljevo.

O técnico Renan escalou o time vencedor do Rio-2016 com a exceção do líbero. No lugar de Serginho, que aposentou da seleção, entrou Murilo. Os demais foram Bruninho, Wallace, Maurício Souza, Lucão, Maurício Borges e Lipe. Um dos destaques da vitória na estreia ficou por conta do oposto brasileiro, Wallace, maior pontuador do jogo, com 17 acertos.

Com a palavra: 

Bruninho, levantador do Brasil:   “Sabemos que temos muito para melhorar, crescer, mas a dedicação do time, o foco, mesmo quando estava atrás no placar, jogando o tempo todo com a torcida contra, tudo isso foi fundamental hoje. O time não perdeu a lucidez, defendeu bem, teve volume e temos que levar tudo isso em consideração”, comentou Bruninho.

Nikola Grbic, técnico da Sérvia:   “Quando você está jogando contra os campeões olímpicos e eles se apresentam como fizeram hoje à noite, qualquer time perderia com certeza. Procuramos equilibrar o jogo o tempo inteiro, então eu não posso dizer que estou muito desapontado. Os caras deram o melhor de si neste momento. Eu quero que a equipe jogue de forma agressiva e eu tenho que ser tolerante com os erros que vão acontecer. Eu tenho que reconhecer o momento e a situação, a inspiração dos nossos oponentes. Tenho que manter a cabeça clara para o próximo jogo”, concluiu o treinador.

O JOGO

O primeiro set começou bem equilibrado, com a Sérvia abrindo dois pontos, 5/3. A equipe brasileira reagiu e empatou, (8/8). A partir daí a seleção brasileira começou a tomar conta do set e abriu uma diferença de três pontos, 17/14. Os sérvios até tentaram uma reação, mas a equipe brasileira acabou fechando em 25/22.

No segundo set, a Sérvia abriu 2/0. Mas, o equilíbrio era constante, (5/5). Em boa passagem de Ivovic pelo saque, a Sérvia chegou a 11/9. A seleção da casa teve um de vantagem em 16/15. No bom saque de Maurício Souza, o Brasil marcou 17/16. A parcial seguiu com equilíbrio, (18/18). Com mais consistência a equipe brasileira manteve-se a frente e fechou em, 25/22.

O equilíbrio voltou no início do terceiro set, (3/3). Com Wallace, a equipe verde e amarela fez 7/4. A diferença no placar se manteve em 9/6. A Sérvia reagiu e deixou tudo igual em 10 pontos. No ponto de saque de Ivovic, os donos da casa assumiram o comando do placar, 12/11. No bloqueio duplo, o Brasil empatou (15/15) e com Maurício Borges virou: 16/15. No bloqueio de Wallace, o placar foi a 19/17 e o adversário pediu tempo. No bloqueio, a Sérvia fez 21/20. Com ponto de saque de Lipe, 22/21. Com bloqueio, 23/22 para o time da casa. A reta final do set foi emocionante. No ace de Bruninho, o Brasil fechou em 26/24.

Leave a comment