Notícias

Superliga B: Briga por posições movimentam a quarta rodada no feminino

por: Pedro - Redação

0
São José dos Pinhais (de branco) contará com o apoio da torcida Divulgação/Federação Paranaense
São José dos Pinhais (de branco) contará com o apoio da torcida
Divulgação/Federação Paranaense

Fonte: CBV

A duas rodadas do fim da fase classificatória da Superliga B feminina 2016 a disputa por posições fica ainda mais acirrada. A quarta rodada, que acontece neste sábado (20.02) promoverá duelos entre equipes próximas na tabela e a vitória pode significar vantagens na próxima fase da competição.

Empatados com três pontos São José dos Pinhais (PR) e Fluminense (RJ) se enfrentam no Ney Braga, em São José dos Pinhais (PR), às 19h. Os dois times perderam na última rodada e buscam a recuperação para manterem as chances de avançarem direto para a semifinal. Jogando em casa a equipe paranaense vai contar com o apoio da torcida para tentar a segunda vitória no campeonato.

“Temos a expectativa que o nosso ginásio (Ney Braga) tenha 1000 expectadores no jogo. Não jogamos bem na partida em Cascavel, mas estamos nos preparando bastante para este jogo. Estudamos muito o time do Fluminense. A vitória nesta partida, dependendo dos outros resultados pode nos deixar com possibilidade de alcançar a segunda colocação no fim da fase classificatória. Temos 100% de aproveitamento em casa e o Fluminense 100% de aproveitamento fora. Será um jogo interessante”, analisou o técnico de São José dos Pinhais, Alex Paiva.

O treinador do tricolor carioca, Hylder Dias, vê evolução na equipe, apesar do último revés. Ele espera conseguir a recuperação fora de casa e garante que os treinamentos recentes têm este foco.

“O Fluminense vem trabalhando forte, e, apesar da derrota no último jogo para o líder Uniara, vem em uma crescente. Esperamos ir a São José dos Pinhais e fazer uma boa apresentação, mostrando o nosso crescimento em relação ao início do campeonato”, contou o treinador.

Quem pode garantir de forma antecipada a classificação à semifinal é o Uniara (SP). Único time invicto do campeonato, a equipe de Araraquara (SP) recebe o ACV/UnoChapecó/Orbenck (SC), no Gigantão, às 17h. Se vencer, o Uniara não poderá mais ser alcançado e garantirá a primeira posição. Do outro lado, o time de Santa Catarina ainda não conseguiu um resultado positivo e luta para melhorar o desempenho.

A rodada se completa com outro duelo por posições. O Vôlei Itabirito (MG), terceiro colocado com quatro pontos joga em casa contra o Cascavel/Unimed/Sensei (PR), que está na segunda posição e tem sete. A partida acontece às 19h, no Pedro Cardoso, em Itabirito (MG).

Nesta edição da Superliga B feminina as duas melhores equipes da fase classificatória avançam direto para as semifinais e têm a vantagem de jogar duas partidas em casa em caso de ser necessário o terceiro jogo. As outras quatro equipes jogam as quartas de final também no sistema de melhor de três partidas.

SUPERLIGA B FEMININA

QUARTA RODADA

20.02 (SÁBADO) Uniara (SP) x ACV/UnoChapecó/Orbenck (SC), Gigantão, em Araraquara (SP), às 17h

20.02 (SÁBADO) São José dos Pinhais (PR) x Fluminense (RJ), Ney Braga, em São José dos Pinhais (PR), às 19h

20.02 (SÁBADO) Vôlei Itabirito (MG) x Cascavel/Unimed/Sensei (PR), Pedro Cardoso, em Itabirito (MG), às 19h

Leave a comment