Notícias

Circuito Mundial: Brasil tem medalha garantida no feminino com duas duplas na semifinal

por: Pedro - Redação

0
Vitória e Ana Carolina -Foto: Divulgação/FIVB
Vitória e Ana Carolina                                                                                                      Foto: Divulgação/FIVB

Fonte: CBV

O Brasil está perto de emplacar uma dobradinha no pódio do Mundial Sub-19 de Vôlei de Praia, que acontece em Lanarca, no Chipre. Na rodada deste sábado (30.07) três das quatro duplas brasileiras venceram os respectivos jogos e alcançaram as semifinais. No masculino Renato e Rafael passaram por todos os desafios desde a repescagem, enquanto Duda/Victoria e Ana Carolina/Vitória seguem na busca por medalhas entre as meninas.

Renato/Rafael abriu o dia de competição com vitória fácil sobre Mokhammad/Aldash, do Casaquistão, por 2×0 (21/8 e 21/9). Pelas oitavas foi a vez de superar Garbenko/Ivanov (RUS) por 2×1 (18/21, 21/17 e 15/11). Nas quartas de final triunfo em dois sets contra Sarabia e Stephens, do México (21/19 e 21/14). A semifinal, marcada para este domingo (31.07), será contra os franceses Platre e Bassereau. A outra dupla masculina do Brasil, Gabriel e Felipe, ficaram nas oitavas quando foram superados por Samoilovs/Smits, da Letônia, por 2×1 (17/21, 25/23 e 16/18).

No torneio feminino os dois times brasileiros entraram em quadra duas vezes cada. Nas oitavas Duda/Victoria passou por Olimstad/Garder (NOR) por 2×0 (21/13 e 21/16), enquanto Ana Carolina e Vitória venceram as tailandesas Naphatswan e Sirinuch no tiebreak (21/14, 14/21 e 15/8). Em seguida, pelas quartas, Duda e Victoria passaram pelas tchecas Kotlosova e Resova em dois sets (21/13 e 21/9), enquanto Ana e Vitória levaram a melhor sobre Muret e Filippone, dos Estados Unidos, por 2×0 (21/18 e 21/16).

As semifinais femininas, assim como a disputa de medalhas, serão neste domingo. Duda, que busca o tricampeonato, jogará com Victória contra Plummer/Mirkovic (EUA). Ana Carolina e Vitória enfrentam as holandesas Daalderop e van Driel. Com as duas equipes brasileiras na semi, ao menos uma medalha já está garantida para o país.

O Brasil conquistou cinco vezes o torneio. O primeiro foi no Mundial, na Grécia, em 2002, quando a competição ainda era Sub-18. Ian Borges e Pedro Solberg foram os vencedores. Em 2005, na França, Carol Aragão conquistou o outro título mundial, ao lado de Bárbara Seixas.

Em 2013, Duda e Tainá levaram o troféu em Portugal. No ano seguinte, novamente Duda, desta vez ao lado de Andressa, ficou com o ouro, assim como Arthur Lanci/George, fazendo a dobradinha também em Portugal.

O Chipre já recebeu vários eventos FIVB Challenger e Satellite e este será o terceiro evento internacional na cidade costeira de Larnaka, que já foi sede do Mundial Sub-19 de 2012 e do Mundial Sub-21 de 2014.

Leave a comment