Superliga

Com péssima atuação, Dentil/Praia Clube é derrotado

por: Pedro - Redação

0
A oposta norte-americana Dani Cuttino, eleita a melhor em quadra.
Créditos: Divulgação MTC

Redação

Jogando bem abaixo dos últimos jogos, o Dentil/Praia Clube foi superado pelo Itambé/Minas em seus domínios. Na noite desta sexta-feira (18), o Itambé/Minas venceu o clássico mineiro contra o Denti/Praia Clube e dorme na liderança da Superliga Banco do Brasil 2020/21 feminina de vôlei. A equipe de Belo Horizonte não deu chances ao time de Uberlândia, se impôs mesmo fora de casa e venceu por 3 sets a 0, com parciais de (25/19, 25/21 e 25/17), na Arena Praia, em Uberlândia (MG).

Com a vitória, o líder Itambé/Minas tem agora 27 pontos, três a mais do que o Osasco São Cristóvão Saúde, que enfrenta o São Caetano neste sábado (19/12). O Dentil/Praia Clube aparece em terceiro, com 22 pontos e uma partida a menos.

A oposta norte-americana Dani Cuttino, maior pontuadora da partida com 15 pontos (03 de bloqueios e 12 em ataques), foi eleita a melhor em quadra e levou o Troféu VivaVôlei.

Com a palavra:

Dani Cuttino, oposta do Itambé/Minas: “Estou muito feliz, tive alguns momentos baixos, mas acredito que agora estou crescendo. Fico feliz também pela vitória do nosso time e espero que a gente continue evoluindo”, afirmou a oposta.

Mari Paraíba, ponta do Dentil/Praia Clube: “A gente não fez uma boa partida. O time teve momentos bons, mas a gente acabou sacando mal, e a equipe do Minas com o passe na mão, com a Macris que joga muito rápido e com grandes atacantes, foi a grande deficiência nossa. A gente perdeu muitos contra-ataques. Mas é cabeça boa, tem muitos jogos pela frente, a Superliga é longa. É recuperar nosso melhor ritmo de jogo, a nossa confiança novamente para conseguir essas vitórias pela frente”, disse a ponteira.

Foto Destacada: Cairo César / MKT-R