Masculino

Fiat/Minas sofre para superar o Vedacit/Vôlei Guarulhos

por: Pedro - Redação

0
O central Matheus Pinta levou o Troféu VivaVôlei.
Créditos: Duda Bairros

Redação

O Fiat/Minas conquistou mais uma vitória importante na Superliga Masculina Banco do Brasil 2020/21. Na noite deste domingo (14), a equipe de Belo Horizonte sofreu, mas conseguiu superar fora de casa o Vedacit Vôlei Guarulhos por 3 sets a 2, parciais de (25/22,17/25, 25/23, 24/26 e 15/13), em Guarulhos (SP).

Ainda sentindo falta do oposto cubano Escobar, que se recupera do coronavírus, a equipe mineira foi mais consistente, e nos momentos mais decisivos conseguiu com mais tranquilidade fechar, principalmente o terceiro e quarto set.

Com a vitória, o Fiat/Minas subiu, ao menos temporariamente, para a terceira colocação, com 35 pontos (13 vitórias em 17 jogos), mesma pontuação do Vôlei Renata, que tem uma partida a menos na tabela. O Vedacit Vôlei Guarulhos segue em nono, com 18 pontos, a dois do Vôlei UM Itapetininga, primeiro time no G8.  

O ponteiro Filipe Rammé do Vedacit/Vôlei Guarulhos, foi o maior pontuador do jogo, com 18 pontos (03 de saques e 15 em ataques). Eleito o melhor jogador da partida, o central Matheus Pinta foi o principal pontuador do Fiat/Minas, com 15 pontos (01 de saque, 05 de bloqueios e 09 em ataques), e recebeu o Troféu VivaVôlei. 

Com a palavra:

Matheus Pinta, central do Fiat/Minas: “A nossa união e a força mental do grupo foi essencial para que pudéssemos sair com a vitória. Todos os meus companheiros estão de parabéns pela grande e bela vitória. Trabalhamos muito e somos merecedores”, disse Matheus, que ainda dedicou o VivaVôlei para a filha Ana Sophia de dois anos.

Fotos: Duda Bairros/Vedacit Vôlei Guarulhos