Superliga

Itambé/Minas recebe o Sesc RJ Flamengo nesta sexta-feira (11)

por: Pedro - Redação

0

Redação

O Itambé/Minas terá mais um grande desafio pela Superliga Feminina Banco do Brasil 2020/21. Pela nona rodada da fase de classificação, as meninas do Minas recebem, nesta sexta-feira (11), às 21h30, o Sesc RJ Flamengo, na Arena Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte (MG). Por motivos de segurança, devido à pandemia de Covid-19, os portões do ginásio estarão fechados para o torcedor, que pode assistir ao clássico pelo canal Sportv2. No fim de outubro, as equipes se enfrentaram no Troféu Super Vôlei, com vitória carioca por 3 sets a 2. 

Pela Superliga, as duas equipes vêm de vitórias em seus últimos jogos. No último sábado (05), o time mineiro venceu o São José dos Pinhais/Aiel por 3 sets a 0 fora de casa, chegou a 18 pontos na terceira colocação e ficou a três de distância dos líderes Dentil/Praia Clube e Osasco/São Cristóvão Saúde. Também por 3 sets a 0, o Sesc RJ Flamengo superou o São Paulo/Barueri na terça-feira (08) e subiu para o quinto lugar, com 12 pontos em cinco partidas disputadas.

Com a palavra:

Macris, levantadora do Itambé/Minas: “Será um jogo difícil, com certeza, como sempre é contra o Rio de Janeiro. A nossa equipe está preparada para o duelo, treinamos bem forte nesta semana e, com certeza, será um bom jogo. Precisamos entrar em quadra atentas e minimizar os erros para fazer o nosso jogo fluir. Vamos em busca de um resultado positivo em nossa casa”, disse a levantadora.

Já o Sesc RJ Flamengo, com 12 pontos e três jogos adiados a serem feitos, a equipe carioca ocupa a quinta posição na tabela de classificação da Superliga.

Prestes a completar 40 anos, Juciely, a jogadora mais experiente do Sesc RJ Flamengo, sabe que a conquista do Troféu Super Vôlei no final de outubro, diante do rival, não valerá de nada nesta sexta. Ainda mais em um momento em que Bernardinho está novamente tentando deixar o elenco preparado para conseguir dar seu melhor em quadra.

Com a palavra:

Juciely, central do Sesc RJ Flamengo: “A gente está se reconstruindo, é um processo. Estamos começando a ganhar ritmo de jogo novamente. Tivemos dificuldade até para treinar, ficando só com uma meia dúzia de jogadoras disponíveis. Já conseguimos jogar melhor na última rodada, contra o São Paulo Barueri. E sabemos que vamos ter pela frente um time muito perigoso, muito veloz. Daquela vitória no Super Vôlei temos que trazer a superação para seguir firme nesse recomeço”, analisou Juciely.

Foto Destacada: Wander Roberto/Inovafoto/CBV