Superliga

Itambé/Minas vence e empata em pontos com líderes

por: Pedro - Redação

0
Camila Mesquita, de 20 anos, ganhou o Troféu VivaVôlei
Créditos: Orlando Bento/MTC

Redação

O Itambé/Minas venceu na abertura da nona rodada do turno e empatou em pontos com Dentil/Praia Clube e Osasco/São Cristóvão Saúde no topo da tabela da Superliga Banco do Brasil de vôlei 2020/21 feminina. Jogando na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG), o time da casa derrotou o Sesc RJ Flamengo por 3 sets a 0, com parciais de (25/20, 25/18 e 25/20), na noite desta sexta-feira (11).

As três equipes somam 21 pontos, mas o Itambé/Minas tem uma partida a mais e segue na terceira colocação. O Osasco/São Cristóvão Saúde enfrenta o Brasília Vôlei neste sábado, às 21h30, e o Dentil/Praia Clube teve seu jogo desta rodada adiado. O Sesc RJ Flamengo está no quinto lugar, com 12 pontos.

O time do técnico Nicola Negro mostrou bom volume de jogo e, em momento algum, encontrou dificuldades na partida, ao contrário da equipe carioca que teve uma atuação irregular, com muitos erros, e sendo uma presa fácil para a equipe mineira.

A oposta Camila Mesquita, de 20 anos, que substituiu Dani Cuttino nesta noite, ganhou o Troféu VivaVôlei como melhor em quadra. A central Thaisa, pelo Itambé/Minas (05 de bloqueios e 09 em ataques), e Ana Cristina, pelo Sesc RJ Flamengo (01 de bloqueio e 13 em ataques), foram as maiores pontuadoras da partida, com 14 pontos cada.

Com a palavra:

Camila Mesquita, oposta do Itambé/Minas: “Foi um jogo bom. A gente conseguiu manter uma energia alta, a gente bloqueou muito melhor e tocou muito nas bolas. Este foi um jogo que a gente precisava dessa energia que nos contagiou. Fiquei muito feliz por ter ajudado a equipe, pela oportunidade que eu tive e por ter aproveitado bem. Fiquei muito feliz”, disse a oposta.

Nicola Negro, técnico do Itambé/Minas: “Foi uma vitória muito importante por vários aspectos. Primeiro, por ganharmos três pontos e contra um adversário direto na classificação. Depois para o nosso time retomar a confiança. Viemos de um jogo, onde o nosso voleibol caiu um pouco e jogamos mal. Precisamos ganhar um jogo como esse para ganhar ritmo e termos confiança. Parabéns a todas as atletas”, disse Nicola Negro.

As duas equipes voltam a jogar na terça-feira (15), em partidas atrasadas. Às 19h, o Sesc RJ Flamengo encara o Curitiba Vôlei na capital paranaense, em duelo válido pela quarta rodada. Na sequência, às 21h30, o Itambé/Minas enfrenta o Sesi Vôlei Bauru, também fora de casa, em jogo adiado da sétima rodada. O SporTV 2 transmite os dois confrontos.

Fotos: Orlando Bento/MTC