Feminino

Itambé/Minas vence mais uma e segue líder isolado

por: Pedro - Redação

0
A ponteira Kasiely eleita a melhor em quadra, ficou com o Troféu VivaVôlei.
Créditos: Lucas Merçon/FFC

Redação

O Itambé/Minas levou a melhor do duelo com o Fluminense pela Superliga Banco do Brasil 2020/21 feminina de vôlei. Nesta quarta-feira (03), a equipe mineira superou o time carioca por 3 sets a 0, parciais de (25/15, 25/20, 25/19), no ginásio das Laranjeiras, no Rio de Janeiro (RJ). A partida foi válida pela quarta rodada do returno da competição.

O jogo tava tão tranquilo para o Minas que o técnico Nicola Negro se deu ao luxo de jogar mais da metade do tempo com boa parte da equipe reserva e, mesmo assim, garantiu a vitória em todos os sets da partida.

Com o resultado, o Itambé/Minas somou 42 pontos, (14 vitórias e uma derrota), ampliando a vantagem frente aos adversários na tabela de classificação. O Fluminense está na 11ª colocação, com seis pontos (dois resultados positivos e 14 negativos). 

A maior pontuadora do jogo foi a central Thaisa, com 13 acertos (02 d saques, 05 de bloqueios e 06 em ataques), enquanto a ponteira Kasiely foi eleita a melhor jogadora em quadra e levou o Troféu VivaVôlei. A ponteira Mayara foi, mais uma vez, a maior pontuadora do Fluminense, com 09 pontos (01 de bloqueio e 08 em ataques). 

Com a palavra:

Kasiely, ponta do Itambé/Minas: “Nosso time sacou muito bem, então conseguimos quebrar o passe e bloquear. Também fomos muito bem nos contra-ataques. Esse jogo foi muito importante pra dar ritmo para todas as meninas. Mostrou que o nosso time tem banco e que, se faltar alguma jogadora, é possível suprir à altura”, disse a ponteira.

Andressa Krachefski, líbero do Fluminense: “Sabíamos que seria um jogo muito duro. Tivemos uma sequência difícil de jogos, mas acho que tivemos uma boa evolução e conseguimos pegar um pouco mais de ritmo em uma temporada complicada, na qual sofremos muito com desfalques. Agora, enfrentaremos adversários diretos na tabela e sabemos que não podemos errar”, disse a líbero Andressa.

Fotos: Lucas Merçon/FFC