Notícias

Liga das Nações feminina: Brasil começa terceira semana com vitória sobre a Coréia do Sul

por: Pedro - Redação

0
Créditos: Divulgação FIVB

Redação

Nesta terça-feira (29/05), a Seleção Brasileira feminina superou a Coréia do Sul por 3 sets a 1, parciais de (25/11, 25/14, 31/33 e 25/20), no Omnisport, em Apeldoorn, na Holanda. Foi a sexta vitória do time brasileiro na competição. A oposta Tandara foi a maior pontuadora do confronto, com 33 pontos.

O Brasil voltará à quadra às 11h30 (horário de Brasília) desta quarta-feira (30/05) contra a Polônia. A Coréia do Sul, por sua vez, enfrenta as donas da casa, Holanda, às 14h30.

As meninas do Brasil seguem em segundo lugar na classificação geral, com 18 pontos (seis vitórias e uma derrota). Os Estados Unidos é o líder da competição, com 19 pontos.

Com a palavra:

Tandara, oposta do Brasil:   “Foi uma vitória muito importante na nossa briga pela classificação para a fase final da Liga das Nações. Conseguimos o sexto resultado positivo contra uma equipe muito difícil de se enfrentar que é a Coréia do Sul. No terceiro set perdemos algumas oportunidades de fechar a partida, mas nos recuperamos no quarto e conseguimos os três pontos”, disse Tandara.

O JOGO

O primeiro set começou com o Brasil muito concentrado e eficiente em seu ataque, principalmente Tandara e Amanda. Marcando pontos cruciais e com um bloqueio efetivo, a equipe brasileira chegou ao luxo de abrir 11 pontos de vantagem, 18/7. O Brasil dominou a parcial até o final e em um espetacular bloqueio de Adenízia, as brasileiras fecharam o primeiro set por 25/11.

O segundo set começou equilibrado. A Coréia do Sul voltou mais animada, Heejin Kim e Sohwi Kang começaram a deixar as meninas do Brasil irritadas, 7/5. As coreanas ainda conseguiram aumentar a diferença, 10/6. Mas quando o set parecia estar se afastando do Brasil, as brasileiras voltaram contudo e equilibraram o set, e num erro de Jeongah Park, o Brasil empatou, (14/14). Liderada por Tandara, a equipe brasileira aproveitou da grande quantidade de erros das coreanas, se impôs e fechou o set em 25/14

No terceiro set, a equipe asiática liderou o placar desde o início da parcial. Talvez por conta da facilidade dos sets anteriores, o Brasil caiu sua concentração e demorou a engrenar. O saque de Heejin Kim estava causando problemas ao sistema defensivo do Brasil, o time coreano abriu quatro pontos, 12/8. Aos poucos, a equipe brasileira foi tentando entrar no jogo, e novamente Tandara fez a diferença, 12/11 para as coreanas. A partir daí, somente equilíbrio entre as equipes, mas no final os erros da equipe brasileira favoreceram as coreanas que fecharam num set dramático em 33/31.

O quarto set começou da forma que terminou o anterior, com muito erros a seleção brasileira não conseguia impor seu jogo, e as coreanas, abriram 8/5. Aos poucos a equipe de José Roberto Guimarães voltou a tomar fôlego, e com um bom trabalho de Drussyla, se recuperou e empatou, (10/10). Embora não tenha sido um set maravilhoso, a equipe do Brasil tinha em Tandara e Bia o fator extra, e de quebra a equipe brasileira conseguia se reequilibrar e virar o set, 16/15. A partir daí, mais concentrada e com Tandara inspirada, coube a equipe brasileira fechar o set em 25/20.

Leave a comment