Notícias

Liga das Nações masculina: Brasil bate o Japão por 3 sets a 0 e garante quarta vitória

por: Pedro - Redação

0
Créditos: Divulgação FIVB

Redação

Com a formação inicial completamente diferente da partida de sexta-feira (01/06), quando venceu a Coreia do Sul por 3 sets a 0, a seleção brasileira masculina de vôlei conseguiu mais uma vitória na etapa goiana da Liga das Nações. Neste sábado (02/06), a equipe venceu o Japão por 3 sets a 0 (26/24, 25/19 e 25/20), na Goiânia Arena.

O oposto Wallace foi o maior pontuador da partida, com 15 acertos.

No segundo jogo deste sábado, a seleção dos Estados Unidos levou a melhor sobre o a Coreia do Sul por 3 sets a 0, com parciais de 25/23, 25/21 e 25/11. O norte-americano Langlois foi o maior pontuador da partida, com 15 acertos.

Com a palavra:

Wallace, oposto do Brasil:   “O nosso time não depende só de um jogador. Tudo que acontece, todos os resultados, as vitórias, tudo isso é fruto de muito trabalho. Todos aqui nesse grupo se doam ao máximo e por isso temos conquistado tanta coisa boa”, afirmou Wallace.

O JOGO

O Japão começou melhor e abriu 5/3 no começo da partida. No ace de Maurício Souza, o Brasil empatou em (5/5). No primeiro tempo técnico, a vantagem era japonesa: 8/7. Os japoneses se mantiveram no comando do marcador em 10/8. A vantagem aumentou em 12/9 e Renan pediu tempo. A seleção reagiu e, com Wallace, empatou, (12/12). No bloqueio de Douglas, o Brasil marcou 14/13. O set esteve igual em (16/16). Na bola de segunda de Bruninho, 18/17. O Japão assumiu o comando do placar de novo em 21/20 e o Brasil virou em 22/21. Os japoneses chegaram ao ponto do set em 24/23. No bom saque de Léo, o Brasil marcou 25/24. E, com Evandro a equipe da casa fechou em 26/24.

O segundo set começou melhor para a seleção brasileira que abriu quatro de vantagem em 7/3. No ace de Wallace, 9/4. Quando Maurício Borges atacou e marcou 11/5, a seleção do Japão pediu tempo. No segundo tempo técnico, a equipe da casa estava na frente. A diferença no placar ampliou ainda mais em 18/11. O Japão reagiu, chegou a 15/19 e foi a vez de Renan parar o jogo com pedido de tempo. O Brasil fez 22/18. No bloqueio, o Brasil fechou em 25/19.

A seleção japonesa teve um de vantagem no começo do terceiro set em 5/4. No bloqueio de Douglas e Maurício Souza, o Brasil assumiu o comando do marcador e fez 6/5. Com mais um ponto de bloqueio, dessa vez no simples de Wallace, a equipe verde e amarela fez 8/5. Ponto de saque de Maurício Souza e 10/6. Depois de uma bola bastante disputada, Wallace pontuou e fez 12/8. Lucão marcou 14/9. O placar ainda foi a 19/13.  O Japão reduziu a diferença em 19/23. No final, a seleção brasileira fechou em 25/20.

Leave a comment