Notícias

Liga das Nações masculina: Brasil sofre, mas vence o Irã

por: Pedro - Redação

0
Créditos: Divulgação FIVB

Redação

A seleção brasileira masculina de vôlei assegurou, neste sábado (09/06), sua sétima vitória na Liga das Nações. A equipe brasileira enfrentou o Irã e venceu por 3 sets a 2 (25/17, 23/25, 25/19, 21/25 e 15/13), em Ufa, na Rússia, onde disputa a terceira semana da competição. A vitória manteve o Brasil na liderança, agora com 20 pontos, ao lado da Polônia.

O ponteiro Douglas Souza, foi o maior pontuador da partida, com 22 pontos. 

Com a palavra: 

Douglas Souza, ponta do Brasil:   “Foi um jogo muito difícil. Não jogamos tão bem quanto ontem, na vitória sobre a Rússia, mas o importante é que o grupo conseguiu se superar e sair com a vitória sobre o Irã. Sabemos que é preciso recuperar a consistência que vínhamos apresentando ao longo do campeonato, especialmente contra a China, que é mais um jogo complicado”, disse Douglas.

O JOGO

No primeiro set, a seleção brasileira entrou bem focada e concentrada, abriu de cara quatro pontos, 6/2. Superiores em quadra, os brasileiros rapidamente, abriram larga vantagem de sete pontos até o set point, e em um ataque de Wallace fechou em 25/17.

O segundo set começou mais equilibrado, com as equipes empatadas em (4/4). Mas aos poucos, o Irã foi crescendo e o Brasil encontrou dificuldade em marcar os canhotos adversários. Com isso os brasileiros perderam o comando e viram o Irã disparar no placar. O técnico Renan Dal Zotto voltou com os titulares para tentar trazer de volta o equilíbrio e a superioridade. Mas, a equipe iraniana manteve seu ritmo e fechou o set, 25/23.

Com a vitória no set anterior, o Irã voltou motivado e abriu três pontos de vantagem, 6/3. Mas, a equipe brasileira foi buscar a virada, 9/8. Na metade do terceiro set, os brasileiros melhoraram o desempenho em quadra, mas ainda não era suficiente, já que o Irã parecia ter se tornado um gigante em quadra, (11/11). Douglas colocou o Brasil de novo em vantagem, fazendo 13/12. No ace de Maurício Souza, 16/13 para a seleção brasileira. A liderança do time de Renan se manteve em 18/14. Wallace marcou 20/16. A partir daí foi só administrar e fechar, 25/19.

O Irã começou melhor o quarto e no primeiro tempo técnico, já abriam três de vantagem, 8/5. Renan Dal Zotto mexeu bastante no time para tentar uma reação improvável, diante do cenário ruim que atravessava a equipe brasileira. Mesmo com fôlego novo, os brasileiros sofreram nas mãos dos iranianos, chegando a perder por oito pontos de diferença, 16/8. O Brasil ainda tentou uma reação, mas o Irã sustentou o ritmo e fechou em 25/21.

O quinto set mostrou muito equilíbrio entre as equipes, (8/8). Isaac, Lucão e Bruninho somaram forças e, pouco a pouco conseguiram abrir dois pontos, 10/8. O Irã ainda tentou uma reação, mas a seleção brasileira se impôs e fechou o set em 15/13.

Leave a comment