Notícias

Mundial de clubes feminino: Ting Zhu comanda o VakifBank Istambul no segundo título consecutivo

por: Pedro - Redação

0
Créditos: Divulgação FIVB

Redação

E não deu para o Minas Tênis Clube. Na manhã deste domingo (09/12), o time mineiro acabou sendo derrotado pelo poderoso VakifBank Istambul, da Turquia, por 3 sets a 0, parciais de 25/23, 25/21 e 25/19, em 1h29 de jogo e ficou com o vice do Campeonato Mundial feminino de Clubes de vôlei disputado em Shaoxing, na China.

A chinesa Ting Zhu, campeã olímpica, mais uma vez desequilibrou para as turcas, terminando a partida como a maior pontuadora, com 21 pontos. A oposta Bruna Honório foi a maior pontuadora brasileira, com 13 pontos.

Depois de uma ótima campanha e de uma grande vitória sobre o também turco Eczacibasi VitrA, por 3 a 2, na semifinal, o Minas não conseguiu repetir as atuações anteriores e acabou sendo dominado pelo atual campeão, que conta em seu elenco com algumas das principais jogadoras do voleibol mundial, como a chinesa Ting Zhu e a norte-americana Kelsey Robinson, ambas ponteiras, a oposta holandesa Lonneke Sloetjes e a central sérvia Milena Rasic.

O JOGO

Apenas no primeiro set, o Minas pareceu ter condições de encarar o time turco. A partida seguiu equilibrada, com trocas de liderança, até o marcador apontar 20/20. Porém, o VakifBank disparou e fez 24/20, viu as brasileiras encostarem em 24/23, mas acabou conseguindo definir a parcial e largar em vantagem.

Na segunda e terceira parciais, o VakifBank mostrou toda sua força e sempre esteve à frente no placar. Em busca de uma virada, o técnico italiano Stefano Lavarini, do Minas, fez algumas mudanças em sua equipe, mas não obteve o resultado esperado. 

Este foi o terceiro título mundial do VakifBank Istanbul, que já havia vencido as edições de 2013 e 2017. Para o Minas este foi o segundo vice, repetindo o feito de 1992, quando foi derrotado pelo italiano Il Messaggero de Ravenna.

Na disputa do terceiro lugar, o Eczacibasi VitrA derrotou o Praia Clube, de Uberlândia, atual campeão da Superliga brasileira, por 3 a 0 (25/16, 25/18 e 25/19). 

Leave a comment