Masculino

Na briga pelo G8, Vôlei UM Itapetininga leva a melhor

por: Pedro - Redação

0
O central Johan foi premiado com o Troféu VivaVôlei.
Créditos: Duda Bairros

Redação

Em um jogo equilibrado e bem disputado, o Vôlei UM Itapetininga levou a melhor e superou o Vedacit Vôlei Guarulhos em um duelo válido pela terceira rodada do returno da Superliga Banco do Brasil masculina de vôlei 20/21. O confronto, realizado no ginásio da Ponte Grande, em Guarulhos (SP), terminou com vitória para o time de Itapetininga por 3 sets a 1, parciais de (25/23, 28/30, 27/25 e 19/25), na noite desta quarta-feira (17).

A partida foi válida pela terceira rodada do returno da competição e adiada por conta dos casos de coronavírus na Superliga. O oposto Renan Buiatti (01 de saque, 02 de bloqueios e 20 em ataques) e o ponteiro Adriano (01 de saque, 01 de bloqueio e 21 em ataques), foram os maiores pontuadores da partida, ambos com 23 pontos. Pelo lado do Vedacit Vôlei Guarulhos, o ponteiro Filipi Rammé anotou 17 pontos (03 de saques, 01 de bloqueio e 13 em ataques). O central Johan foi escolhido pela comissão técnica do seu time o melhor em quadra e foi premiado com o Troféu VivaVôlei. 

Com o resultado, a equipe do interior de São Paulo volta a vencer após três derrotas consecutivas e se mantém no G8 da competição, chegando aos 23 pontos em 17 rodadas. A equipe soma sete vitórias e 11 derrotas. Já o Vedacit Vôlei Guarulhos perdeu uma grande chance de entrar no grupo dos classificados aos playoffs e vem uma posição abaixo, em nono, com 18 pontos e cinco vitórias em 18 jogos.

Com a palavra:

Johan, central do Vôlei UM Itapetininga: “Sabia que ia ser uma partida difícil, um confronto direto e encaramos como uma final. Entramos no 100% hoje depois de uma vacilada no último jogo. Isso foi uma motivação a mais e conseguimos entrar hoje 100% focados na partida de hoje”, disse Johan.

Pedro Uehara, técnico do Vôlei UM Itapetininga: “Vitória muito importante num jogo muito difícil. Começamos bem, mas tivemos muitas dificuldades com o saque do Vedacit Guarulhos. Superamos um momento muito difícil no terceiro set, onde perdíamos por 12/18. Mas a equipe soube se unir, se adaptar bem aos atacantes adversários para fazer 10 pontos de bloqueio até o final do jogo”, disse o técnico.

Deivid, ponta do Vedacit Vôlei Guarulhos: “Não posso tirar o mérito da equipe adversária. Eles jogaram muito bem taticamente, eliminando alguns ataques nossos, com volume de jogo muito grande, defendendo bastante, e nós erramos em momentos que não podíamos. Mas, não dá muito tempo para se lamentar porque domingo já temos outra batalha pela frente”, disse Deivid.

O Vôlei UM Itapetininga volta a jogar no próximo sábado (20/02), às 18h, em duelo contra o Pacaembu Ribeirão. Já o Vedacit Vôlei Guarulhos, joga no domingo (21/02) contra o Vôlei Renata.

Fotos: Duda Bairros/Vedacit Vôlei Guarulhos