Masculino

No tie-break, EMS Taubaté Funvic vence fora de casa

por: Pedro - Redação

0
O atacante Douglas acabou premiado com o Troféu VivaVôlei.
Créditos: Rafinha Oliveira

Redação

O EMS Taubaté Funvic esteve em Guarulhos (SP) na noite desta terça-feira (09) e, na casa do adversário, superou o Vedacit Vôlei Guarulhos por 3 sets a 2, parciais de (25/18, 23/25, 25/18, 23/25 e 15/13), em partida atrasada devido a pandemia da COVID-19, ainda válida pela segunda rodada do returno da Superliga Banco do Brasil masculina 2020/21.

Segundo colocado da Superliga masculina de vôlei, com 44 pontos, o EMS Taubaté Funvic está a quatro pontos do líder Sada Cruzeiro. Por sua vez, o Vedacit Vôlei Guarulhos é o nono colocado, com 17 pontos. Mas o time só jogou 16 vezes e ainda pode retornar ao G8.

O atacante Douglas, do EMS Taubaté Funvic, foi eleito o melhor da partida e acabou premiado com o Troféu VivaVôlei. O maior pontuador da partida foi Felipi Rammé, do time da casa, com 21 pontos (01 de bloqueio e 20 em ataques). Pelo visitantes, o central Maurício Souza, foi o destaque com 19 pontos (01 de saque, 05 de bloqueios e 13 em ataques).

Com a palavra:

Douglas Souza, ponta do EMS Taubaté Funvic: “Foi um jogo muito complicado e imaginamos que seria assim. Estamos voltando de semanas bem difíceis por causa da Covid-19. Muitos jogadores estão reintegrando ao time essa semana e estamos buscando o entrosamento de novo, além de dar rodagem a quem ficou parado. Conseguimos fazer isso bem. Eles jogaram muito bem e estão de parabéns. Eu entrei improvisado de oposto porque é a nossa realidade agora. Não temos muito o que fazer. Só nos resta fazer o nosso melhor e é isso que estamos fazendo. Agora tem a Copa Brasil, que vai ser extremamente importante para nos colocar de volta a um ritmo bem natural”, disse Douglas.

Sandro, levantador do Vedacit Vôlei Guarulhos: “Saímos com o gostinho de que dava. Enfrentamos uma equipe extremamente qualificada, que tem jogadores para rodar, eles têm muita qualidade, mas o jogo foi espetacular. Quem assistiu viu muita vontade da nossa equipe, não tem bola perdida, e que bom que conseguimos apresentar um bom voleibol depois dos problemas com Covid-19. Apesar da derrota, esse ponto é importante para a classificação e estamos com o sentimento que todos deram o seu máximo”, disse o levantador.

Foto Destacada: Duda Bairros / Vedacit Vôlei Guarulhos