Feminino

Paredão brasileiro não dá chances para a Sérvia

por: Pedro - Redação

0

Redação

Com bloqueios eficientes durante toda a partida, a Seleção Brasileira feminina de vôlei superou a Sérvia por 3 sets a 0, parciais de (25-21, 25-9 e 25-21), na manhã deste domingo (19), no ginásio Nilson Nelson, em Brasília (DF).

Em ataques, o Brasil anotou 40 pontos contra 32 da Sérvia. Em bloqueios, foram incríveis 19 pontos contra 04 da Sérvia. Em saques, 01 ponto do Brasil contra nenhum da Sérvia. Em erros, ambas as seleções cederam 15 pontos cada.

As maiores pontuadoras foram, a oposta Kisy, a central Carol e a ponteira Pri Daroit, ambas com 14 pontos (maiores pontuadoras da partida). Do lado da Sérvia, a oposta Ana Bjelica e a ponteira Bojana Milenković, ambas anotaram 08 pontos.

A seleção brasileira encerra a segunda semana da VNL na zona de classificação para a fase final, na terceira colocação, com seis vitórias em oito jogos. Acima estão o Japão, ainda invicto, e os Estados Unidos.

Com a palavra:

José Roberto Guimarães, treinador do Brasil: “A retomada que o time teve depois da derrota para a Itália foi muito importante. Em menos de 12 horas já estávamos em quadra e tivemos uma atuação mais equilibrada. Temos que continuar trabalhando e ver o que tanto Estados Unidos e Itália estão fazendo de diferente. Foi uma semana complicada com adversários difíceis, tivemos a volta da Gabi e conseguimos três vitórias com o apoio da torcida em todos os jogos. Gostei da atitude do time depois da derrota para a Itália ”, disse o técnico.

Carol, central do Brasil: “Depois de tanto tempo voltar a jogar no Brasil com casa cheia foi incrível. Só tenho a agradecer a todos os fãs que compareceram e trouxeram essa energia incrível. O time está de parabéns porque soubemos superar a derrota contra Itália para conquistar essa vitória. Hoje bloqueamos e defendemos bem mais do que na partida contra a Itália”, disse a central.

Foto: FIVB