Feminino

Retorno de Luizomar e despedida de Carol Albuquerque neste sábado (27)

por: Pedro - Redação

0
Carol Albuquerque e Luizomar de Moura.
Créditos: Divulgação Osasco São Cristóvão Saúde

Redação

Osasco São Cristóvão Saúde e São Caetano se enfrentam neste sábado (27), às 19h, no ginásio José Liberatti, em partida válida pela penúltima rodada do returno da Superliga Banco do Brasil 2020/21. A equipe osasquense defende a vice-liderança e as atenções estarão divididas entre a quadra e o banco de reservas. Isso porque o jogo marca o retorno do técnico Luizomar ao comando da equipe e também a despedida de Carol Albuquerque do vôlei profissional. O Sportv 2 anuncia a transmissão ao vivo a partir das 18h50.

Carol Albuquerque faz sua última partida oficial após 27 anos de uma vitoriosa carreira esportiva, que inclui uma medalha de ouro olímpica e dois títulos de Superliga, ambos conquistados em Osasco. Embora, Carol faça seu último jogo neste sábado, a atleta vem vivendo dias agitados desde quinta-feira (25). Além dos treinos com a equipe para se entrosar e poder entrar em quadra, a levantadora interagiu com os torcedores por meio de salas de bate-papo e lives.

Conquistas pelo Osasco:

Além de duas Superligas, Carol conquistou uma Copa Brasil, dois Sul-Americanos e cinco títulos do Campeonato Paulista. Entre os principais momentos de suas passagens pela equipe osasquense, está o fato de, como capitã, ter levantado a taça de campeã da Superliga 2009/10, quando o Sollys/Nestlé derrotou o Rexona-Ades, no ginásio do Ibirapuera, por 3 sets a 2. Ainda em 2010, ela foi eleita a melhor levantadora do Sul-Americano de Clubes (campeã) e do Mundial de Clubes (vice-campeã).

Carol em sua última passagem pelo Osasco em 2018.
Créditos:  João Pires/Fotojump

Com a palavra:

Carol Albuquerque, levantadora Osasco São Cristóvão Saúde: “Estou bastante ansiosa para a partida. Mas tudo isso tem sido muito bom, especialmente voltar a viver esse ambiente de time, treinar com as meninas e reencontrar a comissão técnica. Osasco é minha segunda casa e agradeço muito ao Luizomar pelo convite e pela homenagem”, disse a levantadora.

Para Luizomar também será uma partida especial. Recuperado após passar 11 dias na UTI em função da Covid-19, o treinador reassume o comando técnico da equipe. Luizomar irá comandar o Osasco contra o lanterna da Superliga. Enquanto sua equipe é vice-líder, com 47 pontos e 16 vitórias em 19 jogados, o São Caetano não ganhou nenhuma partida e não pontuou na tabela de classificação.

Com a palavra:

Luizomar de Moura, técnico do Osasco São Cristóvão Saúde: “Primeiro, passamos por momentos difíceis, não só com meu caso, mas todos da equipe que foram contaminados por esse vírus traiçoeiro, e estou feliz por estar de volta, ainda mais um jogo especial em função da despedida da Carol. Quero expressar meus agradecimentos ao Jé (Jefferson Arosti), que mostrou a competência de sempre ao comandar nossa equipe e ajudar a conduzi-la de volta a vice-liderança. Segundo, o São Caetano tem um time majoritariamente jovem, passou por dificuldades nessa temporada e merece todo o nosso respeito. A melhor forma de demonstrar isso é entrando em quadra para dar o nosso melhor”, disse o treinador.

Foto Destacada:  João Pires/Fotojump