Notícias

Superliga Cimed 2018/2019 feminina: Sesc-RJ encara o Curitiba Vôlei em casa

por: Pedro - Redação

0
Créditos: Hérica Suzuki

Redação

A primeira rodada da Superliga Cimed feminina de vôlei 2018/2019 contará com o confronto entre Sesc RJ e Curitiba Vôlei (PR). O time paranaense fará sua primeira partida na elite do voleibol brasileiro. Esse duelo será nesta sexta-feira (16/11), às 21h30, no ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro (RJ), com transmissão ao vivo do SporTV 2.

“Estou muito feliz de estrear pela Superliga Cimed. Sabemos quer vai ser uma competição extremamente difícil e estamos ansiosas para começar logo. Além dessa ansiedade natural pela estreia, vai ser logo contra o time de Curitiba. Fico muito feliz de ver um projeto da minha cidade voltando para a elite do vôlei. É muito bom ver um time competitivo voltando e é interessante para as crianças voltam a ter referência, poderem ver de perto e ter essa inspiração”, comentou Roberta.

A levantadora do Sesc RJ espera por um confronto equilibrado. “Vai ser um jogo difícil. O Curitiba Vôlei conseguiu montar um time bacana, com mescla de atletas experientes e meninas novas. Fico muito honrada de poder voltar a jogar contra um time da minha cidade”, complementou Roberta, que entra em sua nona temporada sob o comando de Bernardinho.

A equipe do Curitiba Vôlei chega para Superliga Cimed 18/19 através da classificação da Superliga B e chega entusiasmada. Segundo a experiente levantadora Ana Cristina, o grupo se preparou bem para fazer bonito em sua primeira participação na elite do voleibol brasileiro.

“As nossas expectativas são as melhores possíveis. Trazer de volta Curitiba para a elite do vôlei e coincidentemente estreando contra a equipe que saiu daqui é uma responsabilidade grande. Estamos trabalhando bastante, mas sabemos do favoritismo do Sesc RJ, recém campeão carioca. Vamos fazer o nosso melhor com o objetivo de trazer de volta a paixão que o curitibano tem pelo voleibol”, disse Ana Cristina.

A levantadora do Curitiba Vôlei ainda comentou sobre as perspectivas do seu time. “Queremos mostrar nosso trabalho, buscar nossa posição dentro dessa elite, que é tão difícil. Sabemos da dificuldade que vai ser essa competição, mas estamos com um time que quer fazer sua história na Superliga Cimed”, concluiu Ana Cristina.

Leave a comment