Liga das Nações

Em confronto de líderes, Brasil supera a Polônia

por: Pedro - Redação

0

Redação

A seleção brasileira masculina venceu o confronto de líderes contra a Polônia e se isolou na primeira colocação da Liga das Nações ao fim da terceira rodada da competição disputada em Rimini, na Itália. Nesta sexta-feira (11), o Brasil venceu por 3 sets a 0, parciais de (25-17, 28-26 e 25-19).

Resumo dos pontos: Em ataques, o Brasil marcou 52 pontos contra 37 da Polônia. Em bloqueios, a Polônia marcou 07 pontos contra 05 do Brasil. Em saques, foram 02 pontos para cada seleção. Em erros, o Brasil cedeu 16 pontos contra 19 cedidos pela Polônia.

Os maiores pontuadores foram, o oposto Wallace do Brasil com 18 pontos (maior pontuador da partida) e pela Polônia, o ponteiro Kamil Semeniuk, com 16 pontos.

Com a palavra:

Michal Kubiak, ponta da Polônia: “O Brasil jogou melhor do que nós. Todo o crédito para a seleção do Brasil e não pudemos fazer nada hoje. Faltou um pouco de tudo no nosso jogo. Estavamos sacando bem, eu acredito, mas não podíamos defender, não podíamos bloqueá-los. Eles apenas fizeram um jogo muito bom”, disse o ponteiro.

Bruninho, levantador do Brasil: “Estamos em um processo de melhoria, tentando dar mais um passo a cada dia. Claro, jogar contra um dos times mais fortes do mundo e vencer é algo muito gratificante e significa que estamos no caminho certo. É só o começo. Eles têm um grande time, com grandes jogadores e mudam de escalação, então nós prepararamos a equipe para esse jogo e acho que fizemos bem. Jogamos com muita intensidade e boa defesa – era algo que queríamos melhorar e hoje jogamos muito bem neste fundamento. A nossa defesa de bloqueio foi fantástica. Agora vamos tentar descansar um pouco e focar nos próximos jogos”, disse Bruninho.

Foto: Divulgação FIVB