Superliga

Na base do paredão, Osasco fecha o ano com vitória

por: Pedro - Redação

0
A central Mayany leva mais um VivaVôlei.
Créditos: Divulgação Osasco

Redação

O Osasco São Cristóvão Saúde segue na cola do líder Itambé/Minas. O time comandado pelo técnico Luizomar de Moura derrotou o Pinheiros por 3 sets a 1, com parciais de (25/22, 25/23, 21/25 e 25/16), na noite desta quarta-feira (23), no Ginásio José Liberatti, em Osasco (SP), pela 11ª e última rodada do turno da Superliga Feminina Banco do Brasil 2020/21, e se manteve na vice-liderança, com 30 pontos. O Pinheiros é o oitavo colocado, com 10 pontos. 

O time de Osasco contou com noite inspirada do seu bloqueio. Foram 21 pontos do time da casa nesse fundamento, nove deles de Mayany, eleita a melhor em quadra. Com 16 acertos cada, a oposta Tainara (04 de bloqueios e 12 em ataques) e a ponteira Gabi Cândido (01 de saque, 01 de bloqueio e 14 em ataques), foram as maiores pontuadoras da noite. No lado do Pinheiros, os destaques com 13 acertos, foram a oposta Edinara (01 de bloqueio e 12 em ataques) e a ponteira Natália (02 de bloqueios e 11 em ataques).

Com a palavra:

Mayany, central do Osasco São Cristóvão Saúde: “Temos mostrado muita força no bloqueio e na defesa, além de eficiência no saque. Temos ganho muitas partidas com base nesses fundamentos, sempre aproveitando os contra-ataques. Nosso grupo segue unido e se esforçando cada vez mais para evoluir técnica e taticamente”, disse a central.

Após uma breve pausa, Osasco São Cristóvão Saúde e Pinheiros voltam a jogar em 2021. No dia 8 de janeiro, às 16h30, o time da capital paulista enfrenta o Sesi Vôlei Bauru, no Panela de Pressão, em Bauru (SP), com transmissão do SporTV 2. No mesmo dia, às 20h, a equipe de Osasco recebe o Curitiba Vôlei no José Liberatti, em Osasco (SP). O Canal Vôlei Brasil transmite o confronto.

Foto Destacada: João Pires/Fotojump