Masculino

No retorno de Mamute, dupla conquista a etapa de Fortaleza

por: Pedro - Redação

0

Redação

O ‘Mamute’ está de volta. Após duas etapas ausente do Circuito Brasileiro de vôlei de praia, o campeão olímpico Alison (ES) venceu ao lado do parceiro Bruno Schmidt (DF) a etapa de Fortaleza do tour na noite deste sábado (27.01). O triunfo foi sobre os atuais campeões mundiais Evandro e André Stein, por 2 sets a 0 (21/18, 24/22), em 47 minutos de partida. A medalha de bronze ficou com Guto/Vitor Felipe (RJ/PB).

É o primeiro título da dupla nesta temporada 2017/2018 e a 12ª etapa de Circuito Brasileiro conquistada por Alison e Bruno Schmidt, que recebem 400 pontos no ranking geral e um prêmio de R$ 45.050,50 pelo primeiro lugar. Apesar da prata, Evandro e André Stein seguem na liderança do ranking geral, com 1.400 pontos, somando os resultados das quatro paradas.

A campanha da dupla em Fortaleza foi perfeita e contou com seis vitórias por 2 sets a 0. No final de 2017, nas etapas de Natal e Itapema, Alison se poupou por questões pessoais e físicas. O retorno foi em grande estilo e o atleta igualou Franco, Roberto Lopes e Emanuel, maiores vencedores de etapas na capital cearense, cada um com cinco conquistas.

“É muito bom completar 32 anos de idade, chegar realmente na casa dos 30 e ganhando um título. Voltar depois de quase três meses de uma parada forçada. Eu estava com saudades do circuito, de tudo que isso representa. Saudade de jogar uma final assim, virar um set, saber que ainda sou um atleta de alto nível, jogar ao lado de um time que já conquistou tudo. A torcida está aqui de manhã, ao meio-dia, de noite, sempre nos apoiando, de bom humor, passando energia. Tenho muito orgulho disso”, disse Alison, que completou.

“A final foi um verdadeiro “jogaço”. O André e o Evandro formam um time que já gravou o nome na história, que trabalha muito. Tenho muito orgulho deles, pois o André começou com a gente e o Evandro sempre esteve perto de nós, se espelhando e hoje carregam o nome do Brasil sempre no pódio. O Brasil está de parabéns, jogar o Circuito aqui é muito difícil, temos muito times bons e eu amo isso aqui, voltar ganhando é muito bom”, destacou o ‘Mamute’.

Bruno Schmidt também comemorou o retorno de Alison e fez questão de elogiar a atuação de Evandro/André Stein.

“Eu fico mais ansioso que ele (na ausência de Alison). Ele tem um planejamento e é o termômetro da nossa equipe. O empenho que ele colocou aqui foi imenso, a gente quase não treinou. Mas temos muita vontade de fazer tudo de novo, ter ele de volta é muito bacana. Eles (André e Evandro) não foram campeões mundiais à toa. Eles são o futuro do vôlei de praia, dupla alta, que se reveza no bloqueio. Sou muito feliz no meu esporte, tento manter o meu espaço, mas sei que a evolução da nossa modalidade é essa. Então é sempre satisfatório conquistarmos o resultado de uma comissão técnica tão grande”.

A partida do bronze não aconteceu, já que Bruno de Paula (AM) se lesionou na semifinal do torneio e acabou abandonando a partida. O manauara, parceiro de Thiago (SC), sofreu lesão no joelho esquerdo e irá fazer uma cirurgia na próxima segunda-feira. Vitor Felipe e Guto ficaram com o terceiro lugar sem entrar em quadra, e lamentaram.

“Ficamos mais tristes por ver um companheiro se lesionar, do que felizes pelo pódio. Sempre nos imaginamos no lugar de quem se lesiona. Vamos torcer para que ele se recupere e volte rapidamente. O Bruno é um atleta muito querido por todos. Vamos seguir trabalhando muito forte, buscando sempre estarmos nas disputas de medalha e felizes com a química e amizade que conquistamos rapidamente nesta dupla”.

Foto Destacada: L.C. Moreira/Inovafoto/CBV